Apontamentos de Yvonne Maggie relativos ao processo do Conde Hugo Salvatori Baschien, contendo os seguintes itens descritivos elaborados pela Polícia do Rio de Janeiro: O acusado praticava o magnetism...

Sobre a consulta
Manuscrito

Identificação:

Classificação: YM mf p 06
Série: mf - Medo do Feitiço

Subsérie: p - Processos

Data de produção: 18.11.1897 (Data certa)

Quantidade de documentos: 1 (15 páginas com informação)
Ver Documento  

Arquivo:

Resumo:

Apontamentos de Yvonne Maggie relativos ao processo do Conde Hugo Salvatori Baschien, contendo os seguintes itens descritivos elaborados pela Polícia do Rio de Janeiro: O acusado praticava o magnetismo animal e o hipnotismo sem estar habilitado nas formas como exigiam as leis e regulamento do país na época. Também dizia curar doenças crônicas e incuráveis, atendendo pessoas em sua casa. O Conde também fora acusado de tentativa de homicídio contra Anna Berthe. Nenhum terreiro propriamente dito fora mencionado, mas o acusado fazia as sessões de magnetismo, hipnotismo e cura de moléstias em sua casa, localizada na Rua do Catete, nº 100 – Catete. Caso de subjugação da credulidade pública, crimes contra a saúde pública. Além dos artigos 156 e 157, fora citado o art. 338 §8º do Código Penal. Data: 18/11/1897.
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.



CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados