ALUISIO GONCALVES BEZERRA

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: BEZERRA, Aluísio (RN)
Nome Completo: ALUISIO GONCALVES BEZERRA

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
BEZERRA, Aluísio (RN)

BEZERRA, Aluísio 

*dep. fed. RN 1963-1966 e 1967-1970.

 

Aluísio Gonçalves Bezerra nasceu em Santa Cruz (RN) no dia 24 de outubro de 1926, filho de João Bianor Bezerra e de Hermila Gonçalves Bezerra. Seu irmão, o empresário da construção civil Fernando Bezerra, tornou-se senador pelo Rio Grande do Norte a partir de 1995 e foi presidente da Confederação Nacional das Indústrias (CNI) entre 1995 e 1998.

Ainda estudante, Aluísio Bezerra ingressou na política, filiando-se ao Partido Social Democrático (PSD) e elegendo-se deputado à Assembléia Legislativa do Rio de Grande do Norte em outubro de 1950, na legenda da coligação do PSD com o Partido Republicano (PR). Primeiro-secretário da Assembléia em 1952, em 1953 bacharelou-se pela Faculdade de Direito de Alagoas. Reeleito em 1954 e 1958 na legenda do PSD, foi líder do governo e presidente das comissões de Justiça, Finanças e Estudos Econômicos, e no início do governo de Aluísio Alves (1961) foi nomeado secretário do Interior e Justiça do estado.

No pleito de outubro de 1962, elegeu-se deputado federal pelo Rio Grande do Norte na legenda do PSD, assumindo o mandato em 1º de fevereiro do ano seguinte. Vice-líder do PDS na Câmara a partir de junho de 1963, nesse mesmo ano participou da Conferência Internacional do Cacau, realizada em Genebra, e tornou-se membro da Comissão do Distrito Federal.

Em conseqüência da extinção dos partidos políticos pelo Ato Institucional nº 2 (27/10/1965) e da posterior instauração do bipartidarismo, filiou-se à Aliança Renovadora Nacional (Arena), partido de sustentação ao regime militar instalado no país em abril de 1964, em cuja legenda concorreu à reeleição no pleito de novembro de 1966. Vitorioso, deixou a Câmara em 15 de dezembro do mesmo ano, sendo substituído por Álvaro Coutinho da Mota, para assumir o cargo de ministro do Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte, mas retornou no início da legislatura seguinte (1/2/1967), exercendo o mandato até o dia 12 de abril de 1970.

Ainda em 1970, tornou-se conselheiro do Tribunal de Contas estadual. Em seguida, aposentou-se e assumiu o cargo de diretor financeiro da Empresa de Construção Civil (Ecocil), firma do irmão Fernando Bezerra, além da presidência do ABC Futebol Clube. Permaneceu no exercício dessas atribuições até 1977.

Faleceu em Natal no dia 19 de fevereiro de 1978.

Era casado com Margarida de Lurdes Meireles Bezerra, com quem teve dois filhos.

 

FONTES: CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertórios (1963-1967, 1967-1971); CÂM. DEP. Relação nominal; CASCUDO, L. História; INF. FAM.; TRIB. SUP. ELEIT. Dados (2, 3 e 4).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados