Eduardo Amorim

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: AMORIM, Eduardo
Nome Completo: Eduardo Amorim

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
AMORIM, Eduardo

AMORIM, Eduardo


*dep. fed. SE 2007-2011. Sen. SE 2011-


 

 Eduardo Alves do Amorim nasceu em Itabaiana (SE) no dia 17 de maio de 1963, filho de Eliezer Antônio da Cunha e de Celina Alves do Amorim.

Estudou no Colégio Estadual Murilo Braga, em sua cidade, de 1972 a 1979. Mudou-se para Aracaju e, entre 1980 e 1983, estudou na Escola Técnica Federal de Sergipe, onde se formou auxiliar técnico em telecomunicações. Graduou-se em medicina na Universidade Federal de Sergipe (UFS), campus de São Cristóvão, em 1989. Fez residência médica em anestesiologia no Centro Integrado de Campinas (SP) entre 1990 e 1992, e especialização em tratamento de dor no Hospital Clinic de Barcelona, na Espanha, em 1993.

Filiou-se ao Partido da Frente Liberal (PFL) em 1994. Foi diretor científico da Sociedade de Anestesiologistas do Estado de Sergipe entre 1994 e 1996, e presidente da Sociedade Sergipana de Anestesiologistas e da Cooperativa dos Anestesiologistas, na capital sergipana, entre 1998 e 2002. Nesse último ano atuou como coordenador do centro de oncologia do Hospital João Alves Filho em Aracaju. Médico anestesista no mesmo hospital assumiu a Secretaria Estadual de Saúde em 2003 e 2004, durante a gestão de João Alves Filho no governo de Sergipe. Entre 2003 e 2006 foi conselheiro da Companhia de Saneamento e da Companhia Estadual de Habilitação e Obras Públicas de Sergipe, e em 2004 fez especialização em direito na Universidade Tiradentes, também em Aracaju.

Filiou-se ao Partido Social Cristão (PSC) em 2005, e nessa legenda se candidatou, no ano seguinte, à Câmara dos Deputados. Na eleição para governador, o PSC integrou a coligação de partidos que apoiou a candidatura de João Alves Filho, do Partido da Frente Liberal (PFL), que foi derrotado por Marcelo Déda, do Partido dos Trabalhadores (PT). Vinculou sua campanha à da médica Angélica Guimarães, candidata a deputada estadual, e ambos foram eleitos. Com 115.466 votos, foi o mais bem votado deputado federal por Sergipe.

Assumiu o mandato em fevereiro de 2007 e participou da comissão mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização. Foi presidente e vice-presidente da Comissão de Legislação Participativa entre 2008 e 2009, membro das comissões de Seguridade Social e Família e de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática entre 2007 e 2008, e suplente da comissão de Turismo e Desporto. A partir de 2009 tornou-se membro da Comissão de Finanças e Tributação e suplente das comissões de Agricultura, Pecuária, Abastecimento Desenvolvimento Rural e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Apresentou projeto de emenda constitucional (PEC) propondo a criação do Conselho Nacional dos Tribunais de Contas e integrou-se a diversas frentes parlamentares.

Nas eleições realizadas em Outubro de 2010, concorreu a uma das vagas sergipanas em disputa para o Senado Federal. Na ocasião, em coligação composta por 10 partidos da base aliada ao governo federal, recebeu mais de 600 mil votos, tendo sido eleito como o mais votado do estado. A outra vaga ficou o Antonio Carlos Valadares, do PSB, cuja coligação, formada pelos mesmos partidos, recebeu 476 mil votos.

Foi empossado no Senado em Fevereiro de 2011, e, no seu primeiro mandato como senador, foi vice-presidente da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) e presidente da Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA), além de outras comissões que integrou como membro titular. Licenciou-se do cargo no final de 2011, mas retornou em Abril de 2012. Durante este período, foi substituído por Lauro Antônio, suplente filiado ao Partido da República (PR). Único integrante do PSC no Senado, foi também líder de sua legenda e, em 2013, foi designado relator do orçamento do ano seguinte.

 

Letícia Nunes de Moraes

 

FONTES: CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (2007-2011); Globo (2/10/06); Informe Sergipe (online) 04 out. 2006. Disponível em: <http://www.informesergipe.com.br>; Portal da Câmara dos Deputados. Disponível em: <http://www.camara.gov.br>; Portal do PSC. Disponível em:<http://www.psc.org.br>; Portal do Tribunal Superior Eleitoral. Disponível em: < http://www.tse.jus.br > acesso em 15/04/2014.  Portal do Senado Federal. Disponível em: <http://www.senado.gov.br> acesso em 15/04/2014. 

 

 

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados