Antônio Eustáquio Andrade Ferreira

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: ANDRADE, Antônio
Nome Completo: Antônio Eustáquio Andrade Ferreira

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
ANDRADE, Antônio

ANDRADE, Antônio 

*dep. fed. MG 2007-2011; 2011-2013; min. Agric. 2013-

 

Antônio Eustáquio Andrade Ferreira nasceu em Patos de Minas (MG) no dia 18 de junho de 1953, filho de Antônio Alves Ferreira e de Conceição Andrade Ferreira.

Cursou o ensino fundamental na Escola Estadual Deputado Cândido Ulhoa e o ensino médio na Escola Estadual Milton Campos, em Belo Horizonte. Em 1977 formou-se em engenharia pela Escola de Engenharia Civil da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Filiou-se ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) em 1987 e iniciou a carreira política na cidade mineira de Vazante, conhecida como a capital do zinco, tendo presidido o Sindicato Rural, o que o credenciou a disputar a prefeitura da cidade no pleito de novembro de 1988. Eleito, presidiu em 1991 a Associação dos Municípios do Noroeste de Minas e no ano seguinte tornou-se também diretor da Associação Mineira de Municípios.

Em outubro de 1996 foi eleito deputado estadual na legenda do PMDB. Sucessivamente reeleito em 2000 e 2004, participou da Frente Parlamentar do Cooperativismo de Minas Gerais, exerceu a liderança e a vice-liderança do PMDB e foi também primeiro-secretário da mesa diretora da Assembléia Legislativa.

Nas eleições de outubro de 2006, foi eleito deputado federal por Minas Gerais na legenda peemedebista. Renunciou então ao mandato de deputado estadual e em fevereiro de 2007 assumiu uma cadeira na Câmara dos Deputados, onde integrou a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle, a Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio, e a Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento, Desenvolvimento e Comércio.  Ainda nesta legislatura, votou pela prorrogação, até 2011, da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), taxa cobrada sobre movimentações bancárias destinada à área de saúde e extinta no mesmo ano, depois que o Senado Federal não aprovou sua continuidade. E, em Junho de 2008, votou a favor da criação da Contribuição Social para a Saúde (CSS), que, segundo a oposição ao governo Lula seria uma tentativa de recriar a CPMF.

Nas eleições de 2010 reelegeu-se deputado federal com 117.722 votos. Assumiu a vice-líderança do PMDB na Câmara entre fevereiro de 2011 e março de 2013, quando licenciou-se do mandato de deputado federal para assumir o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, nomeado pela então presidente Dilma Rousseff.

Casou-se com Nilza Carneiro de Lima Andrade e teve três filhos.

 

FONTES: Portal da Assembléia Legislativa de Minas Gerais. Disponível em: <http://www.almg.gov.br>. Acesso em 14/12/2013; Portal da Câmara dos Deputados. Disponível em: <http://camara.gov.br>. Acesso em 14/12/2013; Portal G1 de Notícias. Disponível em: <http://www.g1.globo.com/>. Acesso em 14/12/2013; Portal da Prefeitura de Vazante. Disponível em: <http://www.vazante.mg.gov.br/index.php?pag=84>. Acesso em 14/12/2013.

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados