ANTONIO BORGES DA SILVEIRA LOBO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: LOBO, Silveira
Nome Completo: ANTONIO BORGES DA SILVEIRA LOBO

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
LOBO, SILVEIRA

LOBO, Silveira

*militar; ch. EMA 1969-1972.

 

Antônio Borges da Silveira Lobo nasceu no Rio de Janeiro, então Distrito Federal, no dia 21 de fevereiro de 1908.

Ingressou na Escola Naval em abril de 1926 e, após sair guarda-marinha, foi promovido a segundo-tenente em dezembro de 1930 e a primeiro-tenente em setembro de 1932. Em março de 1934 chegou a capitão-tenente, em dezembro de 1944 a capitão-de-corveta, em maio de 1950 a capitão-de-fragata e em outubro de 1954 a capitão-de-mar-e-guerra. Em novembro de 1960 alcançou a patente de contra-almirante e, em agosto de 1965, a de vice-almirante.

Promovido em março de 1967 a almirante-de-esquadra, em novembro de 1969, já no governo de Emílio Médici (1969-1974), sucedeu ao almirante Adalberto de Barros Nunes no posto de chefe do Estado-Maior da Armada (EMA). Nessa condição exerceu interinamente o cargo de ministro da Marinha entre outubro e novembro de 1970, substituindo o ministro Adalberto de Barros Nunes. Deixou o EMA em fevereiro de 1972, quando passou a chefia ao almirante Francisco Augusto Simas de Alcântara.

Em sua carreira militar desempenhou, ainda, a função de adido naval no Peru.

Faleceu no Rio de Janeiro no dia 3 de março de 1979.

Era casado com Fani Eugênia Emeliana Nunes da Silveira, com quem teve um filho.

 

 

FONTES: CORRESP. SERV. DOC. GER. MAR.; Jornal do Brasil (4 e 5/3/79); MIN. MAR. Almanaque (1934, 1936 e 1971).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados