ARNALDO MURILO NOGUEIRA LEITE

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: LEITE, Murilo
Nome Completo: ARNALDO MURILO NOGUEIRA LEITE

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
LEITE, MURILO

LEITE, Murilo

*dep. fed. BA 1989-1991.

Arnaldo Murilo Nogueira Leite nasceu em Aracaju no dia 3 de dezembro de 1944, filho de Fernando Galrão Leite e de Maria de Lurdes Nogueira Leite.

Bacharelou-se em administração pública pela Universidade Federal da Bahia (Ufba) em 1967, pós-graduando-se no ano seguinte em curso oferecido pela Organização dos Estados Americanos (OEA), em Buenos Aires, Argentina. Nos anos de 1972 e 1973, cursou nova pós-graduação em administração pública, agora em Hartford, nos Estados Unidos. Retornou ao Brasil ainda em 1973, passando a lecionar administração pública na Ufba e a assessorar o reitor da universidade, Roberto Santos, que, mais tarde, foi governador da Bahia (1975-1979), ministro da Saúde (1986-1987) e deputado federal pela Bahia (1995-1999).

Em novembro de 1976 iniciou sua trajetória política se elegendo vereador em Salvador pela Aliança Renovadora Nacional (Arena), partido de sustentação ao regime militar instalado no país em abril de 1964.

Ao longo do mandato iniciado no princípio de 1977, transferiu-se para o Movimento Democrático Brasileiro (MDB), partido oposicionista. Com a extinção do bipartidarismo em novembro de 1979 e a conseqüente reorganização partidária, filiou-se ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), agremiação que deu continuidade ao antigo MDB.

Em novembro de 1982 elegeu-se deputado estadual. Quatro anos depois, tentou sem sucesso uma vaga na Assembléia Nacional Constituinte, mas não foi bem-sucedido. No início de 1987, ao final da legislatura, concluiu seu mandato de deputado estadual. Ainda em 1987, no governo de Valdir Pires (1987-1989), tornou-se presidente do Banco de Desenvolvimento do Estado da Bahia (Desenbanco) e a seguir secretário de Abastecimento da Bahia. Em 1989, já no governo de Nilo Coelho (1987-1989), ocupou a Secretaria de Governo.

Em setembro de 1989, assumiu o lugar de França Teixeira, designado para o Tribunal de Contas do Estado da Bahia, na Câmara dos Deputados. Exerceu o mandato até janeiro de 1991, ao final da legislatura. Em outubro do ano anterior, elegera-se deputado estadual pelo PMDB, retornando em fevereiro do ano seguinte à Assembléia Legislativa baiana. Em 1993, filiou-se ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB). Completou o mandato no começo de 1995, não tendo disputado a reeleição em outubro de 1994 nem em outubro de 1998, limitando-se a atuar no interior do PSDB.

Foi casado com Maria do Socorro Berbert Leite, com quem teve três filhas. Casou-se pela segunda vez com Maria de Fátima Fróis Rocha, com quem teve dois filhos.

FONTE: INF. BIOG.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados