Caio Luiz Cibella de Carvalho

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: CARVALHO, Caio Luís de
Nome Completo: Caio Luiz Cibella de Carvalho

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:

CARVALHO, Caio Luiz de

*min. Esporte e Turis. 2002-2003.

 

Caio Luiz Cibella de Carvalho nasceu na cidade de São Paulo no dia 10 de julho de 1951.

Graduou-se em direito pela Universidade de São Paulo (USP) em 1976. Doutorou-se em ciências da comunicação, na área de políticas públicas para o desenvolvimento do turismo, na Escola de Comunicações e Artes da USP. Fez também especialização em ciências políticas e em direito administrativo.

Em 1983, no governo Franco Montoro (1983-1987), foi nomeado coordenador de Turismo na Secretaria de Esporte e Turismo do estado de São Paulo. Em 1988 foi coordenador das comemorações dos 80 anos da imigração japonesa, e de 1989 a 1991 foi representante do Departamento de Comércio e Turismo do Estado da Flórida (EUA) no Brasil. Durante o governo Itamar Franco (1992-1995) foi coordenador nacional da Câmara Setorial de Serviços e Turismo, e em seguida, secretário nacional de Turismo e Serviços do Ministério da Indústria e Comércio e do Turismo.

Em 1995, no início do primeiro governo de Fernando Henrique Cardoso, assumiu a presidência da Empresa Brasileira de Turismo (Embratur), cargo que exerceria até 2002. Nesse período presidiu também, de 1999 a 2000, o conselho executivo da Organização Mundial de Turismo (OMT). Em sua opinião, a principal ação de sua gestão na Embratur foi a campanha contra o turismo sexual. Com a conclusão dos trabalhos da comissão parlamentar de inquérito (CPI) sobre a prostituição infantil, necessitou-se de uma rede de comunicação nacional e internacional, articulada com um sistema de notificação e denúncia de crimes praticados contra crianças e adolescentes. Por isso, em fevereiro de 1997, em decorrência de um convênio do Ministério da Justiça com a Embratur, foi criado um sistema nacional de denúncia por telefone sob a coordenação, monitoramento e operacionalização da Associação Brasileira Multiprofissional de Proteção à Infância e a Adolescência (Abrapia). Com o apoio da OMT, foi também lançada uma campanha internacional para coibir o turismo sexual no Brasil. Por força de acordos com a Itália, França, Alemanha e Grã-Bretanha, o direcionamento de operadoras de turismo para o Nordeste, com folhetos vendendo a mulher brasileira, deixou de existir. A Embratur, por seu lado, passou a divulgar em seus folhetos as praias, o ecoturismo e o turismo cultural, sem vinculação com o corpo feminino.

No final do segundo governo Fernando Henrique, entre abril de 2002 e janeiro de 2003, foi ministro do Esporte e Turismo.

Em 2005, assumiu a direção da São Paulo Turismo S/A (SPTuris), antiga Anhembi Turismo e Eventos, empresa de economia mista com participação majoritária da Prefeitura Municipal de São Paulo, responsável pela elaboração e execução das políticas públicas de turismo da cidade, conforme Decreto Municipal nº 46.649/05. Como diretor da SPTuris, acumulou a coordenação do grupo de trabalho de São Paulo para a Copa FIFA Brasil 2014 e a presidência do Conselho Municipal de Turismo (Comtur), órgão composto por diversas entidades públicas e privadas que se reúnem bimestralmente para discutir assuntos relativos ao turismo e à execução do Plano Municipal de Turismo.

Professor da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (EAESP/FGV), tornou-se também membro do Comitê Consultivo da Universidade Anhembi-Morumbi.         

É autor do livro Destino Brasil – novos caminhos para o turismo (1997), co-organizador de Discussão e propostas para o turismo no Brasil: Observatório de Inovação do Turismo (com Luís Gustavo Medeiros Barbosa, 2006) e co-autor de (Eco)turismo e educação ambiental: diálogo e prática interdisciplinar (com Elisabete Gabriela Figueiredo Castellano e Rodolfo Antônio de Carvalho, 2007).

Casado, teve duas filhas.

 

Harriete Tedeschi

 

FONTES:

- Site da Folha de São Paulo <www.folha.uol.com.br> Acesso em 17/10/2009

- Site da escola de comunicações e artes da universidade de são Paulo <www.eca.usp.br> Acesso em 23/10/2009.

- Site da presidência da República < www.presidencia.gov.br> Acesso em 06/11/2009.

- Site da câmara de comércio e indústria japonesa no Brasil < pt.camaradojapao.org.br> Acesso em 10/11/2009.

- Site da SP Turis <www.spturis.com/comtur/index.php> Acesso em 11/11/2009.

- Site da Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas da Fundação Getúlio Vargas <eaesp.fgvsp.br> Acesso em 12/11/2009.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados