CANZIANI, Alex

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: CANZIANI, Alex
Nome Completo: CANZIANI, Alex

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:

CANZIANI, Alex

*dep.fed. PR 1999-

 

Alex Canziani Silveira nasceu em Londrina (PR) no dia 11 de junho de 1964, filho de Ody Silveira e de Vera Maria Canziani Silveira.

Começou a trabalhar em 1984 como oficial registrador de imóveis no cartório do 2º Ofício de Registro de Imóveis em Londrina. No ano seguinte ingressou no curso de direito da Universidade Estadual de Londrina (UEL), que concluiu em 1990. Começou sua militância política ainda estudante, como presidente do centro acadêmico do curso de direito de 1987 a 1988.

Elegeu-se vereador de Londrina na legenda do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) por dois mandatos consecutivos, de 1989 a 1992 e de 1993 a 1996, tendo sido presidente da Câmara Municipal na última legislatura. Em 1992, tornou-se também presidente do diretório municipal do PTB e, de 1993 a 1999, presidiu a Associação dos Vereadores do Médio Paranapanema (Avempar). Em 1996 assumiu o cargo de vice-prefeito de Londrina e, de 1997 a 1998, foi presidente da Companhia de Desenvolvimento de Londrina (Codel).

Nas eleições de outubro de 1998 elegeu-se deputado federal com 74.876 votos, assumindo o mandato em 1º de fevereiro seguinte. Ainda em 1999 licenciou-se por um curto período para exercer o cargo de secretário de Emprego e Relações do Trabalho do estado do Paraná, de 3 de fevereiro a 22 de setembro, durante a gestão do governador Jaime Lerner. No final desse ano, após uma breve passagem pelo Partido da Frente Liberal (PFL), filiou-se ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB). Foi presidente da subcomissão de Turismo da Câmara dos Deputados de 2000 a 2001, vice-líder da bancada do PSDB de 2000 a 2002 e vice-líder do bloco PSDB/PTB em 2000 e 2001.

Em outubro de 2002 reelegeu-se deputado federal na legenda do PSDB com 76.195 votos. Na legislatura iniciada em 2003 tornou-se presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Turismo e da Frente Parlamentar em Defesa do Ensino Profissional, e integrou a Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização do Congresso Nacional. Ainda em 2003 deixou o PSDB e voltou ao PTB, e em 2005 assumiu a presidência estadual do partido.

 No pleito de outubro de 2006 voltou a se eleger deputado federal, pela terceira vez consecutiva, com 111.472 votos, sendo empossado no dia 1º de fevereiro de 2007. Nessa legislatura foi membro das comissões de Educação e Cultura, de Turismo e Desporto, de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, e da Comissão de Legislação Participativa. Foi também presidente da subcomissão Especial de Educação Profissional, Educação à Distância e de Novas Tecnologias Educacionais, e da Frente Parlamentar de Educação Profissional, Tecnológica, Educação à Distância e Novas Tecnologias Educacionais do Congresso Nacional. Em junho de 2009 foi eleito por aclamação coordenador da bancada do Paraná no Congresso Nacional para o biênio 2009-2010.

 

FONTES: Portal da Câmara dos Deputados. Disponível em : <http://www2.camara. gov.br/>. Acesso em : 13 out. 2009; Portal FIEP. Vigilantes da Democracia. Disponível em : <http://www.vigilantesdademocracia.com.br>. Acesso em : 13 out. 2009; Site Alex Canziani. Disponível em : <http://www.alexcanziani.com.br>. Acesso em : 13 out. 2009.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados