CLEMENS VAZ SAMPAIO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: SAMPAIO, Clemens
Nome Completo: CLEMENS VAZ SAMPAIO

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
SAMPAIO, Clemens

SAMPAIO, Clemens

*  dep. fed.  BA 1959-1968.

 

Clemens Vaz Sampaio nasceu em Amar­gosa (BA) no dia 22 de junho de 1924, filho de Clementino Sampaio e de Estela Vaz Sampaio.

Comerciante, foi membro do conselho do Serviço Social do Comércio (Sesc), do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), do Serviço Social da Indústria (Sesi) e da delegacia de trabalho marítimo, entre 1951 a 1954. De 1952 a 1954 foi dele­gado do Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio da Bahia. Ainda neste último ano tornou-se membro da Legião Brasi­leira de Assistência (LBA), função na qual permaneceria até 1958.

No pleito de outubro de 1954 elegeu-se deputado à Assembléia Legislativa da Bahia na legenda do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), assumindo o mandato em fevereiro do ano seguinte. Nas eleições de outubro de 1958 foi eleito deputado federal por seu estado na mesma legenda e, deixando a Assembléia bai­ana em janeiro de 1959, assumiu uma cadeira na Câmara dos Deputados em fevereiro do mesmo ano, ainda em 1959, bacharelou-se em ciências ju­rídicas e sociais pela Faculdade de Direito do Rio de Janeiro, em Niterói. Em abril de 1960 tornou-se vice-­líder da bancada do PTB na Câmara, sendo reconduzido ao cargo em março de 1962.  Em outubro desse ano foi reeleito deputado fe­deral pela Bahia, dessa vez na legenda da Ali­ança Trabalhista, coligação constituída pelo PTB, o Partido Republicano (PR) e o Partido de Representação Popular (PRP).

Com a extinção dos partidos políticos pelo Ato Institucional nº. 2 (27/10/1965) e a pos­terior instauração do bipartidarismo, filiou-­se ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB), em cuja legenda obteve a primeira su­plência de deputado federal pela Bahia no pleito de novembro de 1966.  Deixou a Câ­mara Federal em janeiro de 1967, a ela re­tornando em maio seguinte para o exercício do mandato, que se estendeu até janeiro de 1968.

Membro do diretório regional do MDB, combateu publicamente o candidato de seu partido ao Senado nas eleições de novembro de 1970, Josafá Marinho, alinhando-se com o candidato governista, Heitor Dias Pereira. No pleito de novembro de 1974 foi candidato do MDB ao Senado, sendo derrotado por Luís Viana Filho, da Aliança Renovadora Nacional (Arena).

Afastando-se das atividades políticas, passou a dedicar-se à advocacia em Salvador e a administração da sua fazenda em São Francisco do Conde (BA).

Foi casado com Maria de Lourdes Brandão Lemos Sampaio, com quem teve quatro filhos. Divorciado, casou-se com Marizete Elidorio Sampaio, com quem teve uma filha.

 

FONTES:   CÂM.  DEP.  Anais (1960-1; 1962-1); CÂM.  DEP.  Deputados; CÂM.  DEP.  Relação nominal dos senhores; COUTINHO, A. Bra­sil; INF. BIOG.;  NÉRI, S. 16; TRIB.  SUP.  ELEIT.  Dados (3, 4, 6 e 8).

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados