COELHO, Clementino

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: COELHO, Clementino
Nome Completo: COELHO, Clementino

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:

COELHO, Clementino

*dep. fed. PE 1999-2003.

 

            Clementino de Sousa Coelho nasceu em Recife no dia 18 de julho de 1954, filho de Paulo de Sousa Coelho e de Lisete Muniz Bezerra Coelho. Sua família participa da política pernambucana há várias décadas. Seu tio Nilo Coelho foi deputado federal (1951-1 952 e 1954-1967), governador de Pernambuco (1967-1971) e senador (1979-1983). Outro tio, Osvaldo Coelho, foi várias vezes deputado federal entre os anos de 1967 e 2007. Seu irmão, Fernando Bezerra Coelho, seguiu a tradição familiar e foi deputado federal por Pernambuco de 1987 a 1992. Seu sobrinho Fernando Coelho Filho foi eleito deputado federal em 2006.

           Cursou administração de empresas na Universidade Federal da Bahia (UFBA) entre 1973 e 1978, e de 1978 a 1979 fez curso de especialização na School of Management Studies and Languages, do Buckinghamshire College of Higher Education, na Inglaterra. Em 1985 tornou-se diretor da UPA Corretora de Seguros em Petrolina (PE).

            Filiou-se em 1986 ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), mas desvinculou-se em 1997 para ingressar no Partido Socialista Brasileiro (PSB). Em outubro de 1998 elegeu-se deputado federal na legenda do PSB, em coligação com o Partido dos Trabalhadores (PT) e outros. Assumiu o mandato em fevereiro de 1999, e também a vice-liderança do bloco PSB- Partido Comunista do Brasil (PCdoB). Em agosto seguinte deixou o PSB para filiar-se ao Partido Popular Socialista (PPS). Em 2001, assumiu a vice-liderança do bloco formado pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT) e pelo PPS. Foi membro titular da Comissão de Economia, Indústria e Comércio, de várias comissões especiais, da Comissão Representativa do Congresso Nacional, e ainda do Grupo de Trabalho de Transposição do Rio São Francisco.

Em 2000, durante o segundo mandato presidencial de Fernando Henrique Cardoso (1999-2003), manifestou-se contrário ao projeto de transposição do São Francisco, e em 2001 criticou em 2001 os projetos de privatização da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf). Em dezembro desse ano, votou com a maioria dos deputados a favor do Projeto de Lei 5.483, que alterava o artigo 618 da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). O projeto, que fazia parte da proposta de flexibilização das relações de trabalho defendida pelo governo de Fernando Henrique Cardoso, foi aprovado na Câmara, mas foi suspenso no Senado Federal pela Mensagem Presidencial de número 132, no início do primeiro mandato do presidente Luís Inácio Lula da Silva (2003-2007). Foi ainda um dos idealizadores do projeto da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), tendo apresentado, como membro da Comissão de Educação, emendas ao projeto governamental que foi aprovado no Senado em junho de 2002.

            Em outubro de 2002 tentou a reeleição na legenda do PPS, integrante da Frente Social Humanista, constituída ainda pelo Partido Social Democrata Cristão (PSDC), pelo Partido Humanista da Solidariedade (PHS) e pelo Partido Social Cristão (PSC), mas não teve êxito. Deixou a Cãmara ao final da legislatura, em janeiro de 2003.

Em fevereiro de 2005, exercendo o cargo de diretor da Companhia do Vale do São Francisco (Codevasf), pediu licença do PPS por discordar da posição adotada pelo partido em dezembro de 2004, de ruptura com o governo de Luís Inácio Lula da Silva – o que levou também à ruptura do partido com o ministro da Integração Nacional Ciro Gomes, então filiado ao PPS.

            Casou-se com Maria Cristina Navarro de Britto Coelho e teve quatro filhos.

 

FONTES: Folha de Pernambuco Digital. Disponível em: <http://www.folhape.com.br>. Acesso em: 2 fev. 2009; Portal da Câmara dos Deputados. Disponível em: <http://www.camara.gov.br>. Acesso em: 12 jan. 2009; Portal do PPS. Disponível em: <http://portal.pps.org.br/portal/showData/

29623>. Acesso em: 2 fev. 2009; Portal Democracia. Disponível em: <http://www.democracia.com.br/parlamentares/parladados.asp?t=3&d=2&cp=345&tipo=1&me=>. Acesso em: 2, 12 fev. 2009; Portal Politic. Disponível em: <http://www.politic.com.br>. Acesso em: 2 fev. 2009; Portal Quatro Cantos. Disponível em: <http://www.quatrocantos.com/LENDAS/91_artigo_618_clt.htm>. Acesso em: 2 fev. 2009; Portal Rádio Criciúma. Disponível em: <http://www.radiocriciuma.com.br/portal/vernoticia.php?id=1817>. Acesso em: 12 fev. 2009; Site Clementino Coelho. Disponível em : <http://cscoelho.sites.uol.com.br>. Acesso em: 2 fev. 2009.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados