DIAS, Nelio

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: DIAS, Nelio
Nome Completo: DIAS, Nelio

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
Jair de Oliveira

DIAS, Nélio

* dep. fed. RN 2003-2007

 

 

                Nélio Silveira Dias nasceu em Natal (RN), no dia 22 de janeiro de 1945, filho de Epifânio Dias Fernandes e Alda Silveira Dias.

                Com formação em administração de empresas e gerência empresarial, antes de ingressar na carreira política atuou nos ramos empresarial  e jurídico. Entre 1968 e 1970 dirigiu o Clube dos Diretores Lojistas, em Natal. Nos anos 1970 e 1980 dirigiu empresas do setor de tecidos e confecções. No ano de 1985 passou a atuar como juiz classista no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), em João Pessoa, permanecendo no cargo até 1988. Em paralelo a essa atividade, atuou como diretor da Associação dos Juízes Classistas da Terceira Região (AJUCLA), na capital paraibana e, em Natal, foi Vice-Presidente da Associação Norte-Rio-Grandense de Criadores (ANORC) entre 1985 e 1989. No ano de 1992 passou a integrar o quadro do Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte, onde assumiu os cargos de Vice-Presidente (1992-1994), Presidente (1994-1996), Corregedor (1996-1998) e Presidente da Primeira Câmara (1998-1999). Em 1999 passou a presidir Associação Brasileira Criadores de Caprinos (ABCC). No mesmo ano assumiu seu primeiro cargo político, ao aceitar o convite do então governador capixaba Garibaldi Alves Filho (1999-2002), do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), para chefiar a Secretaria de Estado da Agricultura. No decorrer de 2001, ano em que se filiou ao Partido Progressista Brasileiro (PPB), tornou-se Presidente da Comissão Nacional de Caprinocultura da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil.

Nas eleições gerais de outubro de 2002, candidatou-se a deputado federal e obteve 79.399 votos, que lhe garantiram a oitava posição entre os parlamentares potiguares eleitos para a Câmara dos Deputados. Tomou posse em fevereiro de 2003, mesmo ano em que se filiou ao Partido Progressista (PP), do qual tornou-se vice-lider em março. Entre outubro de 2003 e março de 2004 atuou como membro da comissão especial para proposta de emenda constitucional (PEC) sobre quadro temporário do servidor público.

No decorrer de 2005, quando da escolha dos membros para as comissões da Câmara dos Deputados, tornou-se titular da comissão permanente de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural. Em março de 2006 passou a integrar a comissão permanente de Desenvolvimento Urbano e Interior. No mês de maio assumiu a presidência nacional do Partido Progressista, em decorrência do pedido de licença do então presidente, deputado Pedro Correa (PE), envolvido em denúncias sobre o chamado mensalão, grave crise política desencadeada em junho de 2005, após denúncias do deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) de que haveria um esquema de compra de votos de parlamentares da base aliada do governo pelo Partido dos Trabalhadores (PT).

Em julho de 2006 teve seu nome incluído na lista dos congressistas acusados de integrar a “máfia dos sanguessugas”, grupo que incluía parlamentares acusados de criar emendas destinadas à compra superfaturada de ambulâncias, entre os anos de 2002 e 2003. Nessa ocasião, constou na lista de deputados investigados pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigou o episódio. Em agosto, foi considerado inocente pela CPI, assim como outros 17 deputados que tiveram seus nomes retirados das investigações por falta de evidências que provassem sua participação nas irregularidades.

Nas eleições gerais de outubro de 2006, candidatou-se novamente ao Congresso Nacional, sendo reeleito deputado federal com 93.245 votos. Tomou posse na Câmara em fevereiro de 2007. Em abril, durante a convenção nacional do PP, foi mantido  presidente nacional do partido.

Casou-se com Nadja Maria Maciel Dias e teve dois filhos. Faleceu em decorrência do câncer, no dia 20 de julho de 2007, em São Paulo.

 

Luciana Pinheiro

 

FONTES: Portal da Câmara dos Deputados (http://www2.camara.gov.br/; acessado em 21/03/2009); Portal do Planalto (https://www.planalto.gov.br/; acessado em 23/03/2009); Portal do Jornal Folha de São Paulo (http://www1.folha.uol.com.br/; acessado em 23/03/2009); Portal do Jornal Tribuna do Norte (http://tribunadonorte.com.br/; acessado em 23/03/2009); Portal Terra (http://noticias.terra.com.br/; acessado em 23/03/2009); Portal do Tribunal Regional do Rio Grande do Norte (http://www.tre-rn.gov.br/; acessado em 19/03/2009).

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados