EDOUARD EMILE DUFRESNE DE LA CHAUVINIERE

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: LA CHAUVINIERE, Dufresne de
Nome Completo: EDOUARD EMILE DUFRESNE DE LA CHAUVINIERE

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
LA CHAUVINIÈRE, DUFRESNE DE

LA CHAUVINIÈRE, Dufresne de

*diplomata francês; emb. França no Brasil 1964-1965.

Édouard Émile Dufresne de la Chauvinière nasceu em Yzeure, no departamento de Allier, na França, em 12 de novembro de 1898.

Bacharel e licenciado em direito pela École Libre de Sciences Politiques, ingressou na carreira diplomática. Foi secretário da embaixada francesa em Moscou em 1926, e depois voltou ao Quai d’Orsay (Ministério das Relações Exteriores francês), servindo em seu secretariado político. Em seguida, foi secretário em Bruxelas, na Bélgica, e em Berna, na Suíça, encarregado de negócios do consulado em Frankfurt, na Alemanha, e ministro delegado em Túnis, na Tunísia, em 1945. De volta à França, chefiou o protocolo do Quai d’Orsay de 1951 a 1958, e em maio de 1958 foi nomeado embaixador extraordinário e plenipotenciário em Estocolmo, na Suécia.

Serviu como embaixador da França no Brasil a partir de 19 de setembro de 1964, sucedendo a Pierre Sebilleau. Durante sua permanência no país, ocorreu em outubro de 1964 a visita do presidente francês Charles de Gaulle, o que resultou em uma sensível melhora nas relações entre Brasil e França, que haviam sofrido alguns desgastes nos anos anteriores. La Chauvinière permaneceu no posto até 1965, quando Sebilleau reassumiu a embaixada da França no Brasil.

Casou-se com Marguerite de Tanlay, com quem teve cinco filhos.

FONTES: CORRESP. EMB. FRANÇA; Who’s who in France (1961).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados