EMANUEL PINHEIRO DA SILVA PRIMO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: PINHEIRO, Emanuel
Nome Completo: EMANUEL PINHEIRO DA SILVA PRIMO

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
PINHEIRO, EMANUEL

PINHEIRO, Emanuel

*dep. fed. MT 1971-1974.

 

Emanuel Pinheiro da Silva Primo nasceu em Cuiabá no dia 1º de agosto de 1929, filho de Manuel Pinheiro da Silva Filho e de Maria da Conceição Pinheiro.

Arquivista da Prefeitura Municipal de Cuiabá em 1948, bacharelou-se em ciências jurídicas e sociais pela Faculdade de Direito da Universidade do Distrito Federal em 1956. Procurador e professor de direito civil da Universidade de Mato Grosso, adquiriu grande projeção nos círculos universitários do estado.

No pleito de outubro de 1962 elegeu-se deputado à Assembléia Legislativa de Mato Grosso na legenda do Partido Social Democrático (PSD), assumindo o mandato em fevereiro do ano seguinte. Com a extinção dos partidos políticos pelo Ato Institucional nº 2 (27/10/1965) e a posterior instauração do bipartidarismo, filiou-se à Aliança Renovadora Nacional (Arena), em cuja legenda se reelegeu no pleito de novembro de 1966. Nessa legislatura foi presidente da Assembléia Legislativa de 1967 a 1969.

No pleito de novembro de 1970 elegeu-se deputado federal por seu estado na mesma legenda e, após deixar a Assembléia estadual em janeiro de 1971, assumiu em fevereiro seguinte o mandato na Câmara dos Deputados. Durante sua atuação parlamentar, foi membro efetivo das comissões de Educação e Cultura e de Desenvolvimento da Região Centro-Oeste e suplente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados.

No dia 26 de julho de 1974 foi assassinado a tiros na chapada dos Guimarães (MT) pelo comerciante João Lopes, candidato arenista à Assembléia Legislativa do estado, que suspeitava de um caso sentimental entre o deputado e sua mulher, Termogina Siqueira Lopes, ex-prefeita da cidade. Preso em flagrante, João Lopes foi absolvido em 1976 sob alegação de coação moral.

Era casado com Maria Helena de Freitas Pinheiro, com quem teve três filhos.

 

 

FONTES: CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (7); Jornal do Brasil (27/7/74 e 20/3/76); Perfil (1972); TRIB. SUP. ELEIT. Dados (6, 8 e 9).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados