Maria Dalva de Souza Figueiredo

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: FIGUEIREDO, Dalva
Nome Completo: Maria Dalva de Souza Figueiredo

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:

FIGUEIREDO, Dalva

*gov. AP 2002; dep. fed. AP 2007-

 

 Maria Dalva de Souza Figueiredo nasceu em Oiapoque (AP), no dia 25 de abril de 1961, filha de João Campos Brandão e Maria de Souza Lobato.

Formou-se em Pedagogia, pela Universidade Federal do Pará (UFPA), em Belém, no ano de 1988.

Iniciou sua atividade política no movimento sindical de servidores públicos do Amapá, tendo atuado na Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), no Sindicato dos Servidores Públicos em Educação do Amapá (SINSEPEAP) e na Central Única de Trabalhadores (CUT) do Amapá. Em 1992 filiou-se ao Partido dos Trabalhadores (PT).

Na Secretaria de Educação do Estado do Amapá, foi diretora do Departamento Técnico Pedagógico, entre anos de 1995 e 1997. Ainda em 1997, foi Assessora Técnica da Secretaria, e entre 1997 e 1998 foi sua Diretora de Recursos Humanos.

Tornou-se presidente do Diretório Estadual do PT-AP, de 1999 a 2002. Nas eleições de 1998, concorreu e foi eleita vice-governadora do Amapá na chapa de João Alberto Capiberibe do Partido Socialista Brasileiro (PSB). Em abril de 2002 assumiu o governo do estado, quando o governador deixou o cargo para se candidatar a uma vaga no Senado Federal.

No pleito de 2002 concorreu à eleição para o governo do estado do Amapá, mas foi derrotada, no segundo turno, pelo candidato do Partido Democrático Trabalhista (PDT), Valdez Góis. Nesta ocasião chegou a ser acusada de uso da máquina pública por ter remanejado de modo supostamente irregular R$ 61,5 milhões, três meses antes das eleições, o que configuraria infração da Lei Eleitoral.

Entre os anos de 2003 e 2005, Dalva Figueiredo foi membro do Diretório Nacional do PT e da Comissão Executiva do partido. No período de 2005 a 2008, assumiu novamente a presidência do Diretório Estadual do PT-AP.

Em 2006, foi a segunda candidata a deputada federal mais votada nas eleições do estado do Amapá. Na nova legislatura assumiu a vice-liderança do PT, entre março de 2007 e abril de 2008. Foi também titular da Comissão Permanente da Amazônia, Integração Nacional e Desenvolvimento Regional; e de várias seguintes comissões especiais.

Concorreu à prefeitura de Macapá, nas eleições de 2008, mas terminou em quarto no lugar no primeiro turno. No segundo turno concorreram os candidatos Camilo Capiberibe, do Partido Socialista Brasileiro (PSB), e Roberto Góes, do PDT, vencedor daquele pleito.

De volta à Câmara dos Deputados, votou contra a extinção do fator previdenciário no cálculo das aposentadorias.

Candidatou-se à reeleição no pleito de outubro de 2010, e, com 20.203 votos recebidos, obteve êxito. Nesta legislatura, foi titular das Comissões de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática, Relações Exteriores e de Defesa Nacional e de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado.

Dalva Figueiredo é viúva.

               

FONTES: Portal da Câmara dos Deputados. Disponível em: <http://www.camara.gov.br>. Acesso em 5/10/2009; Portal do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar. Disponível em: <http://www.diap.org.br>. Acesso em 4/10/2013; Portal do jornal Folha de São Paulo. Disponível em: <http://www1. folha.uol.com.br>. Acesso em 05/10/2009; Portal do Partido dos Trabalhadores na Câmara. Disponível em: <http://www.informes.org.br>. Acesso em 17/11/2009; Portal pessoal da deputada Dalva Figueiredo. Disponível em: http://www.dalvafigueiredo.com.br. Acesso em 04/10/2013; Portal do Tribunal Superior Eleitoral. Disponível em: <http://www.tse.jus.br>. Acesso em 4/10/2013. 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados