GILBERTO ANTUNES DE ALMEIDA

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: ALMEIDA, Gilberto
Nome Completo: GILBERTO ANTUNES DE ALMEIDA

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
ALMEIDA, GILBERTO

ALMEIDA, Gilberto

*dep. fed. MG 1967-1971, 1974-1975.

 

Gilberto Antunes de Almeida nasceu em Pedra Azul (MG) no dia 17 de abril de 1916, filho de João de Almeida e de Isabel Maria de Araújo Almeida. Seu pai foi deputado estadual em Minas Gerais entre 1951 e 1955. Seu sobrinho, João Carlos de Almeida Peixoto, foi deputado estadual em Minas entre 1967 e 1971.

Cursou o secundário em Salvador e formou-se, em 1939, em engenharia civil, pela Escola de Engenharia da Universidade de Minas Gerais (UMG), atual Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Em outubro de 1958, elegeu-se vice-prefeito do município de Pedra Azul pela legenda da coligação, encabeçada por Natércio de Almeida, que uniu o Partido Social Democrático (PSD) à União Democrática Nacional (UDN). No pleito de outubro de 1962, candidatou-se com sucesso a uma cadeira de deputado estadual pelo PSD mineiro, sendo empossado no cargo em fevereiro seguinte.

Na Assembléia Legislativa, ocupou a vice-presidência da Comissão Executiva da Casa e foi membro das comissões de Finanças, Orçamento e Tomada de Contas e do Polígono das Secas. Em janeiro de 1966, licenciou-se do cargo para assumir a Secretaria da Educação no governo de Israel Pinheiro da Silva (1966-1971), função que exerceu até agosto seguinte, quando retornou às atividades de deputado estadual.

Em novembro do mesmo ano, elegeu-se deputado federal por Minas Gerais pela legenda da Aliança Renovadora Nacional (Arena), partido de apoio ao regime militar instaurado no país em abril de 1964, tomando posse em 1º de fevereiro de 1967, um dia após ter encerrado sua passagem pelo Legislativo mineiro. Candidato à reeleição em 1970, conseguiu apenas uma suplência na bancada de seu partido. Em 7 de maio de 1974, porém, assumiu uma cadeira na Câmara dos Deputados, ocupando-a até o final da legislatura em 31 de janeiro de 1975.

Entre 1978 e 1979, atuou como secretário estadual de Viação e Obras Públicas de Minas Gerais, durante as gestões de Aureliano Chaves (1975-1978) e de Ozanam Coelho (1978-1979).

Deixando a carreira política, passou a dedicar-se a seu escritório de engenharia de construção, na capital mineira.

Faleceu em Belo Horizonte no dia 24 de janeiro de 1992.

Era casado com Ione de Almeida, com quem teve dois filhos.

 

FONTES: ANDRADE, F. Relação; ASSEMB. LEGISL. MG. Dicionário biográfico; CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1967-1971 e 1971-1975); INF. FAM.; Rev. Arq. Públ. Mineiro (12/76); TRIB. SUP. ELEIT. Dados (7).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados