José do Cabo Teixeira de Carvalho

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: CARVALHO, José do Cabo Teixeira
Nome Completo: José do Cabo Teixeira de Carvalho

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:

CARVALHO, José do Cabo Teixeira

*militar, min. STM (1991-1995)

 

José do Cabo Teixeira de Carvalho nasceu no Rio de Janeiro (RJ) no dia 16 de janeiro de 1931, filho de Alexandre do Cabo Barbosa e de Sônia Regina Barbosa de Carvalho.

Ingressou na Escola Naval em 26 de fevereiro de 1949, concluindo o curso em 1953, quando foi declarado guarda-marinha. Foi promovido a segundo-tenente, em 1954, e a primeiro-tenente no ano seguinte, quando realizou o curso básico de Controle de Avarias no Centro de Adestramento Almirante Marquês de Leão, no Rio de Janeiro.

Teixeira de Carvalho alcançou o posto de capitão-tenente em 1958, ao concluir o Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais de Comunicações. Foi designado então, já em 1959, instrutor do Centro de Informação de Combate no Centro de Adestramento Almirante Marquês de Leão. Retirou-se da função em 1961 para assumir as funções de delegado da Capitania dos Portos do Rio Grande do Sul, em Pelotas, por nomeação do ministro da Marinha, Silvio Heck.

Promovido, por merecimento, a capitão de corveta em 1962, em abril de 1964, já depois da Revolução de 1964, foi designado para servir como oficial de comunicações no comando-em-chefe da Esquadra. Em 1967 Teixeira de Carvalho recebeu a promoção ao posto de capitão de fragata.

Em 1972, tornou-se comandante do Contratorpedeiro Pernambuco, navio que neste mesmo ano realizou a escolta dos restos mortais de Dom Pedro I de Lisboa ao Brasil. Deixou o cargo no ano seguinte, ao ser promovido, por merecimento, a capitão de mar e guerra. Realizou, em 1974, o Curso Superior de Guerra da Escola de Guerra Naval e quatro anos mais tarde foi nomeado comandante do Segundo Esquadrão de Contratorpedeiros do Estado-Maior da Armada.

Promovido a contra-almirante em 1980, foi nomeado subchefe do Comando de Operações Navais, no Rio de Janeiro. Teixeira de Carvalho alcançou o posto de vice-almirante em 1984, quando então foi nomeado diretor de Hidrografia e Navegação. Em 1987, foi nomeado chefe de gabinete do ministro da Marinha, almirante Henrique Saboia. Chegou ao posto mais alto de sua carreira em 1988, quando foi promovido almirante de esquadra.

Ao longo de sua trajetória na Marinha, Teixeira de Carvalho foi ainda comandante da Escola de Aprendizes de Marinheiros de Santa Catarina; adido naval junto à embaixada do Brasil na República Federal da Alemanha; subchefe e chefe do Estado-Maior de Comando de Operações Navais; subcomandante da Escola Superior de Guerra; diretor-geral de Pessoal da Marinha; e comandante do Comando de Operações Navais. Fez também os cursos de Comando e Estado-Maior da Escola de Guerra Naval e da Escola Superior de Guerra.

Foi nomeado ministro do Superior Tribunal Militar (STM) pelo presidente Fernando Collor de Melo, por decreto de 21 de junho de 1991. Como tal, participou de diversas atividades, entre elas: a implantação da Lei de Organização Judiciária Militar (Lei nº 8.457/92); o concurso público de juiz auditor substituto (1993 e 1995); Jurisprudência e Revista do STM (1993); Regimento Interno (1995); estudos do projeto de lei sobre o Estatuto da Magistratura (1995).

Recebeu diversas condecorações, entre elas: a Ordem do Mérito Naval; Ordem do Mérito Cartográfico; Ordem do Mérito Forças Armadas; Ordem do Mérito Judiciário Militar; Ordem do Mérito Militar; Ordem do Mérito Rio Branco; medalha do Mérito Tamandaré; medalha do Pacificador; medalha do Mérito Santos Dumont; medalha do Mérito Marinheiro; Ordem do Mérito do Peru; Ordem do Mérito de Aviz; e a Ordem do Mérito da República Federal da Alemanha.

Faleceu no Rio de Janeiro, no dia 05 de novembro de 1995.

Casou-se com Maria Sônia Barbosa Teixeira de Carvalho, com quem teve dois filhos.

 

Angélica do Carmo Coitinho

 

FONTES: A Luta Democrática (11/08/1978 e 25/05/1984); Correio da Manhã (04/01/1953, 27/06/1954, 27/10/1955, 06/11/1958, 14/11/1958, 09/04/1959, 23/05/1964 e 10/03/1972); Diário de Notícias (15/07/1961, 21/03/1963, 28/04/1964, 18/03/1972 e 25/01/1974); Jornal do Brasil (31/08/1973, 18/08/1975, 10/04/1980 e 20/02/1987); Senado Federal (mensagem nº 130, de 1991); Superior Tribunal Militar. Diretoria de Documentação e Divulgação (Org.). Coletânea de Informações: José do Cabo Teixeira de Carvalho. Brasília: DIDOC, Museu, 2007.

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados