JOSE HORACIO BETONICO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: BETÔNICO, Horácio
Nome Completo: JOSE HORACIO BETONICO

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
BETÔNICO, HORÁCIO

BETÔNICO, Horácio

*dep. fed. MG 1963-1967.

 

José Horácio Betônico nasceu em Itabira do Mato Dentro (MG), atual Itabira, no dia 15 de outubro de 1909, filho de Minervino Betônico e de Maria Bárbara Magalhães.

Engenheiro topógrafo formado em 1935 pela Escola Superior de Agronomia de Belo Horizonte, exerceu as funções de chefe da seção de estradas da Itabira Iron Co. e da Companhia Vale do Rio Doce.

Começou sua trajetória política em 1954, elegendo-se vereador da Câmara Municipal de Conceição do Mato Dentro, cargo que ocupou até 1958. Nesse mesmo ano, obteve uma suplência, pela legenda da União Democrática Nacional (UDN), na 4ª legislatura (1959-1963) da Assembléia Legislativa de Minas, tendo assumido o mandato em diversas ocasiões. No pleito de outubro de 1962, elegeu-se deputado federal por Minas pela legenda da UDN. Encerrado seu mandato de deputado estadual em janeiro de 1963, no mês seguinte assumiu sua cadeira na Câmara dos Deputados.

Durante o mandato, foi relator da Comissão Parlamentar de Inquérito sobre o Cobre, apresentou o projeto de criação da Comissão Permanente de Indústria e Comércio, integrou as comissões de Transportes e Minas e Energia da Câmara e elaborou a nova lei de regulamentação da profissão de engenheiro, que estabelecia um salário mínimo para a categoria.

Em conseqüência da extinção dos partidos políticos pelo Ato Institucional nº 2 (17/10/1965) e da posterior instauração do bipartidarismo, filiou-se, em 1966, à Aliança Renovadora Nacional (Arena), agremiação de apoio ao regime militar instaurado no país em abril de 1964. Ainda em 1966, integrou a delegação brasileira que participou em Teerã da Conferência Interparlamentar. Horácio Betônico deixou a Câmara dos Deputados em 1967.

Engenheiro do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) de Minas Gerais, faleceu em Belo Horizonte no dia 22 de julho de 1979.

Era casado com Estela Barros Betônico, com quem teve oito filhos.

Teve editados os trabalhos Obras de arte rodoviária em zonas desflorestadas (1959) e Instituto de defesa do fenômeno das secas no norte e nordeste de Minas Gerais (1961), publicando ainda artigos e teses relacionados à engenharia.

 

FONTES: ASSEMB. LEGISL. MG. Dicionário biográfico; CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1963-1967); Jornal do Brasil (24/7/79); Rev. Arq. Públ. Mineiro (12/76); TRIB. SUP. ELEIT. Dados (4).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados