JOSE LEONIDAS DE MENESES CRISTINO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: CRISTINO, Leônidas
Nome Completo: JOSE LEONIDAS DE MENESES CRISTINO

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
CRISTINO, LEÔNIDAS

CRISTINO, Leônidas

*dep. fed. CE 1995-1999, 2003-2004.

 

José Leônidas de Meneses Cristino nasceu em Coreaú (CE) no dia 3 de junho de 1957, filho de Gerardo Cristino de Meneses e de Maria Meneses Cristino.

Engenheiro civil, formou-se pela Universidade de Fortaleza (Unifor) em 1982, especializando-se, no ano seguinte, no ramo de compactação e revestimento asfáltico. Ainda em 1983, tornou-se engenheiro-chefe do Departamento de Obra Rodoviária da empresa EIT S.A., atuando em Rondônia, no Maranhão e em Mato Grosso. Permaneceu nesta função até 1985, quando foi deslocado para a chefia de setor, sendo responsável pelas áreas do Ceará e Rondônia, deixando estas atividades no ano seguinte depois de tornar-se supervisor de obras, sempre na empresa EIT S.A. Em 1989 deixou a EIT S.A. e realizou curso de especialização em tecnologia do concreto. Ainda nesse mesmo ano, tornou-se diretor de operações da Superintendência Municipal de Obras e Viação (Sumov) de Fortaleza, cargo em que permaneceu até 1990.

Em 1991, foi nomeado secretário de Transportes, Energia, Comunicação e Obras pelo governador Ciro Gomes (1991-1995), dada sua experiência profissional nessas áreas. Em 1992, filiou-se ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), partido do governador.

Em abril de 1994, por força da legislação eleitoral, foi obrigado a se desincompatibilizar de seu cargo de secretário de estado para se candidatar, pelo PSDB, a deputado federal no pleito de outubro daquele ano. Vitorioso nessas eleições, tendo como bases eleitorais a zona norte e a serra da Ibiapaba, iniciou o mandato em fevereiro de 1995, integrando a Comissão de Viação e Transportes, onde permaneceria até 1998.

Ainda em 1995, por ocasião da votação das emendas à Constituição, a serem regulamentadas por lei, manifestou-se a favor da quebra do monopólio estatal das telecomunicações, da Petrobras na exploração do petróleo e dos governos estaduais na distribuição do gás canalizado, da permissão para embarcações estrangeiras operarem no transporte de carga e passageiros entre portos do país, do fim das diferenciações legais entre empresas nacionais e estrangeiras e da criação do Fundo Social de Emergência (FSE) — todas aprovadas pela Câmara dos Deputados. Em 1996 votou a favor da criação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), igualmente aprovada na Câmara.

Em 1997, votou a favor da emenda que propunha reeleição para os cargos do Executivo e pelo fim da estabilidade dos servidores públicos.

No pleito de outubro de 1998, concorreu à reeleição, agora pelo Partido Popular Socialista (PPS), na coligação formada com o PSDB e o Partido Social Democrático (PSD), mas não conseguiu ser eleito. Em novembro seguinte, votou contra o estabelecimento de um limite para a aposentadoria no setor público e de idade mínima e tempo de contribuição para aposentadoria no setor privado. Deixou a Câmara dos Deputados em janeiro de 1999, ao final da legislatura.

Reelegeu-se para a Câmara no pleito de 2002. Assumiu ao iniciar-se a nova legislatura, em fevereiro de 2003, mas renunciou em 31 de Dezembro de 2004, para assumir o mandato de prefeito de Sobral (CE), cargo para o qual se elegera nas eleições de outubro deste último ano, na legenda do PPS, em coligação apoiada por outras sete legendas. Transferindo-se para o Partido Socialista Brasileiro (PSB), disputou e venceu ainda no 1º turno as eleições municipais de 2008, reelegendo-se prefeito de Sobral.

Casou-se com Maria Ester Frota Cristino, com quem teve dois filhos.

 

FONTES: CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1991-1995); Estado de S. Paulo (28/11/97); Folha de S. Paulo (31/1/95, 14/1/96, 30/1/97, 29/9 e 3/11/98); Portal da Câmara dos Deputados. Disponível em : <http://www2.camara.gov.br/deputados/index.html/load Frame.html>. Acesso em 17 jul. 2009; Portal do TSE. Resultado das eleições 2004. Disponível em : <http://www.tse.gov.br/internet/eleicoes/resultado_2004.htm>. Acesso em : 17 jul. 2009.

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados