José Ricardo Wendling

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: RICARDO, José
Nome Completo: José Ricardo Wendling

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:

RICARDO, José  

* dep.fed. AM 2019- 

 

José Ricardo Wendling nasceu em Montenegro (RS) no dia 23 de junho de 1964, filho de Albano Afonso Rodrigues Wendling, agricultor, e de Isolda Clotilde Wendling, costureira.  

Mudou-se para o Amazonas em 1971, devido às oportunidades que sua família projetava na agricultura. Realizou seus primeiros estudos nas escolas estaduais Ângelo Ramazotti e Ruy Araújo, tendo cursado também o Instituto Benjamin Constant.  

A partir de 1979, passou a trabalhar em empresas sediadas no Distrito Industrial de Manaus, desempenhando funções administrativas na Sharp do Brasil, na Sanyo da Amazônia e na AVA Industrial. 

Em 1988, formou-se em economia pela Universidade do Amazonas (UFAM). Três anos depois, em 1991, iniciou sua atuação junto ao Conselho Regional de Economia (CORECON) da 13a Região. A partir de 1992, passou a lecionar economia no Centro Universitário de Ensino Superior do Amazonas (CIESA). 

Em 1993, participou da criação do Comitê Estadual da Ação e Cidadania contra a Fome e, a partir do ano seguinte, passou a participar do Fórum do Orçamento Público do município de Manaus, como representante do CORECONParticipou de atividades religiosas e pastorais na Paróquia São Francisco e na Arquidiocese de Manaus. Também contribuiu na organização nos conselhos municipal e estadual de segurança alimentar nesse período.  

Filiou-se ao Partido dos Trabalhadores (PT) em 1995. Disputou pela primeira vez as eleições em 1996, quando concorreu por uma vaga à Câmara de Vereadores de Manaus e conseguiu obter a  quarta suplência. 

Concluiu o curso de direito em 1999 pela Faculdade Nilton Lins.Candidatou-se à Câmara dos Vereadores de Manaus em 2000 e  conseguiu obter a terceira suplência. No ano seguinte, concorreu à presidência do PT Manaus, mas não se elegeu. 

Disputou as eleições de 2002 para a Assembleia Legislativa do Amazonas e obteve a primeira suplência. Dois anos depois, em 2004, conseguiu se eleger à Câmara de Vereadores de Manaus.  

Em 2005, lecionou economia nas Faculdades Dom Bosco. Nas eleições de 2006, disputou uma vaga de deputado estadual. Recebeu 11.699 votos e não conseguiu uma cadeira na Assembleia Legislativa. No ano seguinte, concorreu à presidência do PT de Amazonas, mas não logrou êxito.  

Reelegeu-se vereador de Manaus em 2008. No exercício do mandato, dedicou-se às questões sociais, como educação e saúde, habitação e transportes. Atuou como líder do PT, presidiu a Comissão dos Direitos Humanos e a Comissão de Legislação Participativa. 

Em 2009, concorreu à presidência do PT Manaus e não conseguiu o posto. Nas eleições de 2010, se lançou ao cargo de deputado estadual pelo Amazonas. Obteve 38.380 votos e conseguiu uma cadeira na Assembleia Legislativa.  

Reelegeu-se deputado estadual em 2014. Nesse período, foi membro do diretório estadual do PT e secretário de finanças do diretório municipal de Manaus. Na Assembleia Legislativa, dedicou-se à área da educação. Um projeto de sua autoria se transformou na Lei estadual n. 257, de 2015, que limitou o número de alunos em sala de aula nas redes pública e privada. 

Na eleição de 2016, disputou a prefeitura de Manaus, pela coligação formada entre o PT e o Partido da Mobilização Nacional (PMN). Recebeu 113.939 votos e ficou em quarto lugar. Em 2017, na eleição suplementar para governador do estado do Amazonas, recebeu 181 mil votos e também obteve o quarto lugar. 

Disputou uma vaga à Câmara dos Deputados nas eleições de 2018. Recebeu 197.270 votos e conseguiu se eleger. No exercício do mandato, diversificou o foco da sua atividade legislativa, apresentando propostas nas áreas de saúde, educação, assistência social, direitos humanos e amparo ao trabalhador, entre outras. Subscreveu a emenda que devolveu a Fundação Nacional do Índio (FUNAI) ao Ministério da Justiça, modificando a Medida Provisória?n. 870, de 2019, editada pelo presidente Jair Messias Bolsonaro (PSL) originalmente para enquadrar a fundação no Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MDH). Também através do texto dessa emenda, a função de criar territórios exclusivos para índios foi devolvida ao Ministério da Justiça. 

Foi vice-líder do PT na Câmara e também integrou comissões permanentes e especiais, além de subcomissões. No caso das comissões permanentes, foi titular da Comissão de Desenvolvimento Urbano e da Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia. 

Pelos serviços prestados `a capital amazonense, foi condecorado em 2015 com a Medalha de ouro Cidade de Manaus. 

Colunista do portal Amazonas Atual, escreveu sobre temas diversos, como educação, pesquisa e trabalho. 

Casou-se com Cristiane Socorro Kanawati Madeira Wendling, com quem teve dois filhos, Paulo Ricardo e Thiago José. 


Juliana Marins 

 

 

FONTES: Portal da Câmara dos Deputados. Disponível em: <http://www.camara.leg.br/deputados/204555>. Acesso em 05/06/2020; Portal da Câmara Municipal de Manaus. Disponível em: <http://www.cmm.am.gov.br>. Acesso em 28/06/2020;  Portal do Partido dos Trabalhadores. Disponível em: <https://pt.org.br/jose-ricardo/page/2/>. Acesso em 28/06/2020; Portal do Partido dos Trabalhadores na Câmara. Disponível em: <https://ptnacamara.org.br/portal/2018/10/09/bancada-conta-com-15-novos-parlamentares-eleitos/>. Acesso em 28/06/2020; https://g1.globo.com/politica/politico/jose-ricardo-wendling/ Disponível em: <http://www.zericardoam.com.br>. Acesso em 28/06/2020; Portal de Notícias da Globo. Disponível em: <http://g1.globo.com/politica/politico/jose-ricardo-wendling>. Acesso em 27/06/2020; Portal Vem pra Rua. Disponível em: <https://www.vemprarua.net/camara/am/deputado-jose-ricardo.html >. Acesso em 27/06/2020; Portal Nação Mestiça. Disponível em: <https://nacaomestica.org/blog4/?p=25702>. Acesso em 28/06/2020; Portal Amazonas Notícias. Disponível em: <https://amazonasnoticias.com.br/entrega-da-medalha-ouro-cidade-de-manaus-ao-deputado-estadual-jose-ricardo-wendling-pt/ >. Acesso em 04/07/2020; Portal Amazonas Atual. Disponível em: <http://amazonasatual.com.br/as-eleicoes-e-a-covid-19>. Acesso em 27/06/2020;  

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados