LEDOUX, ALBERT

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: LEDOUX, Albert
Nome Completo: LEDOUX, ALBERT

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
LEDOUX, ALBERT

LEDOUX, Albert

*diplomata francês; repr. França no Brasil 1942-1943.

Albert Frédéric Edmond Ledoux nasceu em Sheffield, na Inglaterra, no dia 5 de junho de 1901, filho de Édouard Ledoux e de Marie Villaret Ledoux.

Estudou inicialmente na Inglaterra, onde cursou o Bowdon College e o Brighton College. Em seguida, na França, freqüentou o Lycée Janson-de-Sailly, em Paris, e a École de Hautes Études Commerciales.

Ingressando na carreira diplomática, foi adido em Constantinopla, Istambul, em 1927, e secretário no Rio de Janeiro, então Distrito Federal, em 1928. De volta à França, permaneceu no Ministério das Relações Exteriores, em Paris, de 1930 a 1932, ano em que se casou com Geneviève Birot, com quem viria a ter um filho. Em seguida, foi secretário em Madri, Bruxelas, na Bélgica, e Montevidéu.

Em 1940, durante a Segunda Guerra Mundial, demitiu-se e aderiu à França Livre (governo francês no exílio). De 1940 a 1942, foi representante pessoal do general Charles de Gaulle para a América do Sul, instalando-se em Montevidéu. Em março de 1942, foi nomeado representante no Rio de Janeiro do Comité Français de Libération Nationale (Comitê Francês de Libertação Nacional), sediado em Londres. Permaneceu no cargo até o ano seguinte, quando foi substituído por Jules Blondel.

De 1944 a 1945, foi diretor de Pessoal do Ministério das Relações Exteriores em Argel, na Argélia, e depois em Paris. Foi ainda embaixador no Peru (1945-1949) e no Uruguai (1949-1952), antes de chegar a ministro das Relações Exteriores da França, cargo que ocupou entre 1953 e 1954. Em 1954 integrou a delegação de seu país ao Conselho Econômico e Social da Organização das Nações Unidas (ONU) (Ecosoc — Economic and Social Council), sediado em Genebra, na Suíça, e à Assembléia Geral da ONU. A partir de março de 1955, assumiu a embaixada da França na Noruega, onde permaneceu até setembro de 1957. No mês seguinte retornou à França, passando a trabalhar na administração central de seu país e assumindo, em outubro de 1959, o cargo de conselheiro diplomático do governo francês. De 1962 a 1966, foi ainda embaixador na Dinamarca.

FONTES: CORRESP. EMB. FRANÇA; International who’s who (1969-1971); Who’s who in France (1961).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados