Luís Fernando Ramos Faria

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: FARIA, Luís Fernando
Nome Completo: Luís Fernando Ramos Faria

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:

FARIA, Luís Fernando

*dep. fed. MG 2007-

 

Luís Fernando Ramos Faria nasceu em Santos Dumont (MG) no dia 12 de setembro de 1957, filho de Fernando Faria Rocha e de Edir Ramos Faria.

Concluiu o curso de engenharia mecânica na Universidade Federal de São João del Rei (MG) em 1980. Empresário, foi presidente do Grupo São Luís, em Santos Dumont, de 1983 a 2000. Foi também tesoureiro e presidente do Sindicato Rural de Santos Dumont e membro do Conselho Municipal de Pecuária e Agricultura (Comapa) de Juiz de Fora (MG).

Iniciou sua vida política filiando-se ao Partido Progressista Reformador (PPR) em 1994. No mesmo ano foi candidato a deputado estadual em Minas Gerais e obteve uma suplência. Já vinculado ao Partido Progressista Brasileiro (PPB) – nome adotado pelo PPR em 1995 –, em março de 1997 assumiu o mandato na Assembleia Legislativa devido falecimento do deputado Jaime Martins. Eleito deputado estadual em 1998, na legislatura 1999-2003 foi líder da bancada do PPB no parlamento mineiro. Reeleito em 2002, na legislatura iniciada em 2003 foi segundo-secretário da Mesa da Assembleia. Em 2004 deixou o PPB e ingressou no Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), mas ainda no mesmo ano deixou o PSDB para filiar-se ao Partido Progressista (PP).

Em 2006 foi eleito deputado federal por Minas Gerais na legenda do PP. Assumiu o mandato na Câmara dos Deputados em fevereiro de 2007 e foi indicado membro da Comissão de Finanças e Tributação e presidente da Comissão de Minas e Energia. Também integrou a bancada ruralista e foi vice-líder do PP na Câmara. Ainda em 2007 votou a favor da prorrogação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), projeto que foi rejeitado pelo Senado no final do ano. Em junho de 2008 votou a favor da criação da Contribuição Social para a Saúde (CSS), que a oposição ao governo de Luis Inácio Lula da Silva definiu com uma tentativa de recriação da CPMF. Apesar de o projeto ter sido aprovado na Câmara, não recebeu a aprovação do Senado.

Em abril de 2009 foi eleito para a direção nacional do PP. No mesmo ano foi indicado relator da comissão especial que analisou o Projeto de Lei n. 5.939/2009, que autorizava o Poder Executivo a criar a empresa pública denominada Empresa Brasileira de Administração de Petróleo e Gás Natural S.A. (Petro-Sal) para a exploração das reservas petrolíferas das camadas geológicas do pré-sal.

Nas eleições de outubro de 2010, foi reeleito deputado federal pelo PP, com 105.413 votos recebidos. Nesta legislatura, iniciada em fevereiro de 2011, foi presidente da Comissão de Minas e Energia e titular também na Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público.

 

Augusto Gomes

 

FONTES: Jornal Folha de São Paulo. (26/06/2007 e 11/06/2008) Portal da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Disponível em: <www.almg.gov.br>. Acesso em 30/11/2009; Portal da Câmara dos Deputados. Disponível em: <www.camara.gov.br>. Acesso em 30/11/2009 e 2/10/2013; Portal do jornal Hoje em Dia. Disponível em: <www.hojeemdia.com.br>. Acesso em 30/11/2009; Portal do jornal O Tempo. Disponível em: <www.otempo.com.br>. Acesso em 30/11/2009; Portal do Partido Progressista. Disponível em: <www.pp.org.br>. Acesso em 2/12/2009; Portal pessoal do deputado Luiz Fernando Faria Disponível em: <http://www.luizfernandofaria.com.br>. Acesso em 02/10/2013; Portal do Tribunal Regional Eleitora de Minas Gerais. Disponível em: <www.tre-mg.jus.br>. Acesso em 30/11/2009; Portal do Tribunal Superior Eleitoral. Disponível em: http://www.tse.jus.br. Acesso em 2/10/2013.

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados