MACHADO, JOSE (2)

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: MACHADO, José (2)
Nome Completo: MACHADO, JOSE (2)

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
MACHADO, JOSÉ (2)

MACHADO, José

*dep. fed. MG 1971-1979, 1982, 1983-1987.

José Machado Sobrinho nasceu em Guanhães (MG) no dia 12 de dezembro de 1932, filho do comerciante Venâncio Machado e de Sara Carvalho Machado. Seu irmão, Guilherme Machado, foi deputado federal entre 1951 e 1959, 1961 e 1965, e 1966 e 1971.

Cursou o secundário nos colégios Arnaldo e Afonso Arinos em Belo Horizonte, ingressando posteriormente na Escola Superior de Agricultura e Veterinária de Viçosa (MG). Não tendo completado o curso, bacharelou-se em 1958 pela Faculdade de Direito da Universidade de Minas Gerais (UMG), atual Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Filiado à União Democrática Nacional (UDN), presidiu o departamento estudantil do partido.

Após exercer a advocacia em Belo Horizonte, foi subchefe de gabinete do ministro Gabriel Passos, das Minas e Energia, de 1961 a 1962, e chefe de gabinete dos ministros João Mangabeira e Eliezer Batista da Silva, da mesma pasta, entre 1962 e 1963.

No pleito de novembro de 1970, elegeu-se deputado federal pelo estado de Minas Gerais na legenda da Aliança Renovadora Nacional (Arena), partido de apoio ao regime militar instaurado no país em abril de 1964. Assumindo o mandato em fevereiro de 1971, participou dos trabalhos da Câmara como suplente da Comissão de Transportes, Comunicações e Obras Públicas, e, como membro efetivo, da Comissão de Minas e Energia, da qual foi presidente em 1973. Em novembro de 1974, foi reeleito deputado federal na mesma legenda, participando em 1975 dos trabalhos da Comissão de Relações Exteriores da Câmara e tornando-se suplente da Comissão de Minas e Energia. Em 1978, participou como representante do Congresso Nacional na Reunião Interparlamentar, realizada em Sófia, Bulgária.

Reeleito novamente em novembro desse mesmo ano, em março de 1979 afastou-se da Câmara Federal para assumir o cargo de secretário de Administração do governo de Minas Gerais na gestão de Francelino Pereira (1979-1983).

Com a extinção em novembro de 1979 do bipartidarismo e a conseqüente reorganização partidária, ingressou no Partido Democrático Social (PDS), agremiação que deu continuidade à antiga Arena, da qual foi membro do diretório nacional e do diretório municipal de Belo Horizonte. Reassumindo seu assento na Câmara em 1982, em novembro desse ano voltou a eleger-se deputado federal, desta feita na legenda do PDS mineiro.

Empossado em fevereiro de 1983, na sessão da Câmara de 25 de abril de 1984, votou a favor da emenda Dante de Oliveira, que propunha o restabelecimento das eleições diretas para presidente da República em novembro seguinte. Constatada a insuficiência de votos para que a emenda fosse submetida à apreciação do Senado, convocou-se em 15 de janeiro de 1985 o Colégio Eleitoral. José Machado ajudou a eleger Tancredo Neves, candidato da Aliança Democrática, coligação do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) com a dissidência do PDS abrigada na Frente Liberal, que derrotou Paulo Maluf, lançado pela legenda pedessista. Acometido por uma grave enfermidade, que o vitimou em 21 de abril de 1985, Tancredo não chegou a ser empossado na presidência da República. Substituiu-o no cargo o vice José Sarney, que já vinha exercendo a chefia interina do Executivo desde 15 de março.

Durante esse mandato, José Machado foi membro da Comissão de Relações Exteriores. Decidido a não mais disputar cargos eletivos, deixou a Câmara dos Deputados em janeiro de 1987, ao final da legislatura.

Convidado por Aureliano Chaves, ministro das Minas e Energia no governo do presidente José Sarney (1985-1990), José Machado tornou-se assessor especial da pasta. Entre 1993 e 1995, desempenhou a função de diretor da Petrobras.

Casou-se com Aurora Campos Machado.

FONTES: ASSEMB. LEGISL. MG. Dicionário biográfico; CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1971-1975, 1975-1979, 1979-1983 e 1983-1987); CÂM. DEP. Relação dos dep.; Globo (26/4/84 e 16/1/85); NÉRI, S. 16; Perfil (1972 e 1980); Rev. Arq. Públ. Mineiro (12/76); TRIB. SUP. ELEIT. Dados (9).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados