MENDES, EDILSON LAMARTINE

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: MENDES, Edilson Lamartine
Nome Completo: MENDES, EDILSON LAMARTINE

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
MENDES, EDILSON LAMARTINE

MENDES, Edilson Lamartine

*dep. fed. MG 1979-1983.

 

Edilson Lamartine Mendes nasceu em Uberaba (MG) no dia 12 de janeiro de 1937, filho de Lamartine Mendes dos Santos e Hermínia Batista Mendes.

Cursou o secundário em São Paulo e no Colégio Andrews do Rio de Janeiro, então Distrito Federal. Em 1960, graduou-se em medicina veterinária pela Escola Nacional de Veterinária da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). No ano seguinte, fez um curso sobre nutrição e reprodução animal na Escola Superior de Agricultura de Piracicaba (SP). Em 1962 tornou-se diretor-tesoureiro dos Serviços de Registro Genealógico da Associação Brasileira de Criadores de Zebu em Uberaba, cargo que ocuparia por dois anos. Em 1963, viajou a convite do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos da América, realizando estudos no Texas Agricultural and Mechanical College System e na Louisiana State University Agricultural and Mechanical College.

De volta ao Brasil, em 1966 assumiu a presidência dos Serviços de Registro Genealógico da Associação Brasileira de Criadores de Zebu, função que exerceria até 1968. Em 1967, viajou à Venezuela em missão oficial do governo brasileiro.

Filiado à Aliança Renovadora Nacional (Arena), partido de sustentação do regime militar vigente no país desde abril de 1964, foi membro do diretório municipal da agremiação em Uberaba de 1971 a 1974. Ainda em sua cidade natal, neste último ano participou do ciclo de estudos sobre segurança nacional e desenvolvimento promovido pela Associação de Diplomados pela Escola Superior de Guerra (ADESG).

Em novembro de 1978 candidatou-se a deputado federal pela Arena, mas obteve apenas uma suplência. Assumiu o mandato em março do ano seguinte, em substituição a Paulino Cícero de Vasconcelos, nomeado secretário de Educação em Minas Gerais no governo Francelino Pereira (1979-1983).

Com o fim do bipartidarismo em novembro de 1979, filiou-se ao Partido Democrático Social (PDS), que abrigou a maioria dos remanescentes da Arena. Por sua nova legenda, disputou a reeleição em novembro de 1982, obtendo, mais uma vez, a suplência. Deixou a Câmara dos Deputados em janeiro de 1983, ao final da legislatura. Como deputado, foi membro da Comissão de Agricultura e Política Rural e suplente da Comissão de Economia, Indústria e Comércio.

Foi também presidente do Sindicato Rural de Uberaba, vice-presidente da Federação da Agricultura de Minas Gerais, diretor da Confederação Nacional de Agricultura e fez parte do Conselho Nacional de Desenvolvimento da Pecuária, além de ter participado de várias entidades ligadas à pecuária.

Morreu em Uberaba, no dia 25 de fevereiro de 1984, vítima de acidente automobilístico.

Foi casado com Maria Inês Machado Mendes, com quem teve três filhos.

 

FONTES: ASSEMB. LEGISL. MG. Dicionário biográfico; CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1979-1983); Globo (27/2/84).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados