Nilson Moura Leite Mourão

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: MOURÃO, Nilson
Nome Completo: Nilson Moura Leite Mourão

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:

MOURÃO, Nilson

* dep. fed. AC 1999-2003; 2003-2007; 2007-2011 

Nilson Moura Leite Mourão nasceu em 1 de abril de 1952, em Tarauacá (AC), filho de Vilhebaldo Mourão e Celestina Moura Leite Mourão.

Estudou no Grupo Escolar João Ribeiro e no Colégio Acreano, em Rio Branco (AC). Formou-se em Teologia pelo Instituto Teológico do Recife (ITER) e se aproximou da corrente conhecida como Teologia da Libertação, tendo sido colaborador do Movimento Fé e Política, que agremiava lideranças como Leonardo Boff, Clóvis Boff e Frei Beto, sendo articulada dentro das Comunidades Eclesiais de Base durante toda a década de 1980 . A proposta do movimento, auto-definida como ecumênica e não-confessional, tinha como princípio a participação das bases populares, a luta contra a opressão dos mais pobres e a desqualificação de políticas consideradas de viés exclusivamente mercantil.

   Professor concursado pela Universidade Federal do Acre (1989), Nilson Mourão integrou o grupo que elaborou o Acordo de Cooperação entre a UFAC e universidades da extinta União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS).

   Em 1978 trabalhou como membro da coordenação da Pastoral de Diocese de Rio Branco. Filiou-se ao Partido dos Trabalhadores (PT) em 1981 e foi um dos fundadores do PT no Acre, em 1982. Na legenda do PT candidatou-se ao governo do estado em 1982 recebendo 10% dos votos, em eleição vencida por Nabor Teles da Rocha Júnior, do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB).

   Em 1988 Mourão foi candidato a prefeito de Rio Branco tendo obtido 7% dos votos. O vencedor do pleito foi Jorge Kalume, do Partido Democrático Social (PDS). Nilson Mourão elegeu-se deputado estadual pelo Acre, na legenda do PT, em 1990, reelegendo-se em 1994. Foi eleito deputado federal, mais uma vez pela legenda do PT, em 1998. E reelegeu-se para a Câmara nas eleições de 2002. Obteve um terceiro mandato consecutivo no pleito de 2006. Como parte das atividades parlamentares desta legislatura, integrou como vice-presidente a Comissão Permanente de Relações Exteriores e da Defesa Nacional.

Nas eleições realizadas em Outubro de 2010, concorreu como primeiro suplente de senador na chapa que tinha Jorge Viana como candidato ao cargo. Receberam 205.593 votos, tendo logrado êxito como os mais votados, seguidos pelo candidato Petecão, do PMN, que recebeu quase 200 mil votos e ficou com a outra vaga em disputa.

Com o fim do mandato de deputado, Mourão deixou a Câmara em Janeiro de 2011. Em Setembro do mesmo ano, assumiu a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Acre, a convite do governador Tião Viana.

Fez mestrado em Ciências Sociais na Pontifícia Universidade Católica (PUC) de São Paulo. Foi também membro do Conselho Editorial da revista Fé e Política, publicação ligada o movimento de mesmo nome, e publicou um livro de poemas com o título Cantos de Fé e Amor, em 2005.

Casou-se com Conceição Mourão, com quem teve três filhos.

 

 

FONTES: Portal da Câmara dos Deputados. Disponível em <http://www2.camara.gov.br>. Acesso em 28/05/2009; Portal do dep. fed. Nilson Mourão. Disponível em <http://www.nilsonmourao.net>. Acesso em 28/05/2009; Portal Movimento Nacional Fé e Política. Disponível em <http://www.fepolitica.org.br>. Acesso em 09/09/2009; Portal do Senado. Disponível em <http://www.senado.gov.br>. Acesso em 26/02/2014; Portal do Governo do Acre. Disponível em <http://www.ac.gov.br>. Acesso em 26/02/2014.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados