OTAVIO FIGUEIREDO DE MEDEIROS

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: MEDEIROS, Otávio Figueiredo de
Nome Completo: OTAVIO FIGUEIREDO DE MEDEIROS

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
MEDEIROS, OTÁVIO FIGUEIREDO DE

MEDEIROS, Otávio Figueiredo de

*militar; comte-em-ch. Esquadra 1950; min. STM 1950-1960.

 

Otávio Figueiredo de Medeiros nasceu em Porto Alegre no dia 25 de dezembro de 1889, filho do general Luís Antônio de Medeiros e de Emília Figueiredo de Medeiros.

Ingressando na Escola Naval no Rio de Janeiro, no então Distrito Federal, em abril de 1905, concluiu o curso em 1909. Promovido a segundo-tenente em janeiro do mesmo ano e a primeiro-tenente em dezembro de 1913, chegou a capitão-tenente em outubro de 1921, a capitão-de-corveta em junho de 1932 e a capitão-de-fragata em julho de 1936. Durante o Estado Novo (1937-1945) foi subchefe do Gabinete Militar da Presidência da República em 1939, sendo promovido a capitão-de-mar-e-guerra em janeiro de 1941. De 1942 a 1945 foi novamente subchefe do Gabinete Militar da Presidência da República.

Em junho de 1945 foi promovido a contra-almirante, tornando-se ainda nesse ano subchefe da Força Naval do Sul. Promovido a vice-almirante em junho de 1946, nesse mesmo ano foi adido militar naval à embaixada do Brasil em Washington e representou o país junto à Comissão Militar Brasil-Estados Unidos. Designado comandante do III Distrito Naval, então sediado em Recife, a partir de março de 1948, tornou-se ainda nesse ano membro do Conselho do Almirantado, deixando em agosto de 1949 o comando do Distrito Naval.

Membro do Conselho de Instrução da Marinha, substituiu o vice-almirante Raul de San Tiago Dantas como comandante-em-chefe da Esquadra de janeiro a abril desse ano, quando passou o cargo ao vice-almirante Armando Pinto Lima. Nomeado em seguida ministro do Superior Tribunal Militar (STM), em dezembro do ano seguinte foi promovido a almirante-de-esquadra.

Vice-presidente do STM de 1952 a 1955, foi reeleito para o biênio seguinte e eleito para presidir o órgão de 1956 a 1959. Nessa época, em junho de 1958, presidiu a inauguração do I Congresso de Direito Penal Militar. Aposentou-se como ministro do STM em 1960.

Fez também os cursos de artilharia, de especialização e superior de comando na Escola de Guerra Naval e na Escola Superior de Guerra.

Morreu no Rio de Janeiro no dia 18 de abril de 1965.

Era casado com Sílvia Melo de Medeiros.

 

 

FONTES: CORRESP. SERV. DOC. GER. MAR.; CORRESP. SUP. TRIB. MILITAR; CORTÉS, C. Homens; COUTINHO, A. Brasil; Grande encic. Delta; MACEDO, R. Efemérides; MIN. GUERRA. Almanaque (1956-1959); MIN. MAR. Almanaque (1959).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados