PASTOR FRANKEMBERGEN

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: PASTOR FRANKEMBERGEN
Nome Completo: PASTOR FRANKEMBERGEN

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
PASTOR FRANKEMBERGEN

PASTOR,  Frankembergen

*dep.fed. RR 2003-2007; 2011.

 

Frankembergen Galvão da Costa nasceu no dia 30 de abril de 1962 em Boa Vista , filho de Francisco Severino da Costa e de Izaira Galvão da Costa.

Formou-se em Teologia pela Universidad Nuestro Pacto Internacional (UNPI) na Flórida (EUA) em 1999, e em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Roraima (UFRR) em 2002. Ainda nos anos 80, trabalhou como carteiro na Empresa de Correios e Telégrafos (ECT). Entre 1984 e 1986, foi agente e escrivão de polícia da Secretaria de Segurança Pública estadual. Em 1987, foi nomeado delegado da Polícia Civil. Em 1995, tornou-se diretor adjunto do Departamento de Polícia Judiciária do Interior (DPJI) do estado de Roraima.

Em 1997, como missionário da Igreja Assembléia de Deus, viajou para Cumaná, na Venezuela, depois que um terremoto deixou ali várias famílias desabrigadas, onde permaneceu por três anos e oito meses.

Iniciou sua carreira política ao filiar-se ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), em 2001. No ano seguinte, transferiu-se para o Partido Progressista Brasileiro (PPB).

Elegeu-se deputado federal por Roraima na legenda do PPB, nas eleições de outubro de 2002. Como parte de suas atividades parlamentares foi membro titular das Comissões de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CREDN) e de Desenvolvimento Urbano (CDU). Atuou também como vice-presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) destinada a investigar a atuação de organizações criminosas no tráfico de órgãos humanos instaurada em setembro de 2003. Em fevereiro de 2005, como membro da bancada evangélica, manifestou-se publicamente contra o programa Brasil sem Homofobia, lançado pelo presidente Luis Inácio Lula da Silva (2003-2011) no ano anterior, com o objetivo de combater a violência contra homossexuais e discutir uma legislação específica para o grupo.

Candidatou-se à reeleição em 2006, porém, com pouco mais de 7 mil votos, não obteve êxito. No ano seguinte, deixou o PPB e migrou para o Partido Social Cristão (PSC).Em 2008, atuou como assessor especial da presidência da empresa Boa Vista Energia (Bovesa), subsidiária local da Eletronorte. Em abril do mesmo ano, foi nomeado pelo prefeito de Boa Vista, Iradilson Sampaio, do Partido Socialista Brasileiro (PSB-RR), diretor-presidente da Empresa de Desenvolvimento Urbano e Habitacional (EMUHR).

Concorreu novamente a uma vaga de deputado federal nas eleições de Outubro de 2010, mas os 7.701 votos que recebeu foram insuficientes.

Como suplente da legislatura 2007-2011, assumiu a vaga de deputado no último mês do mandato, em Janeiro de 2011, quando substituiu o deputado Francisco Rodrigues, eleito vice-governador de Roraima no pleito realizado em 2010.

Exerceu o cargo por um mês, tendo deixado a Câmara ao fim do mandato, em 2011.

Foi ainda presidente regional do PSC em Roraima.

Casado, teve três filhos.

 

 FONTES: Portal da Câmara dos Deputados. Disponível em: <http://www.camara.gov.br> Acesso em 13/10/2009 e 21/11/2013; Portal Congresso em Foco. Disponível em: <http://congressoemfoco.ig.com.br>. Acesso em 15/09/2009; Portal Notícia da Hora. Disponível em: <http://www.noticiasdahora.org>. Acesso em 29/09/2009; Portal da Prefeitura de Boa Vista. Disponível em: <http://www.boavista.rr.gov.br/prefeitura-secretarias-e-orgaos-municipais-estrutura/emhur-empresa-de-desenvolvimento-urbano-e-habitacional>. Acesso em 10/10/2009; Portal do PSC. Disponível em: <http://www.psc.org.br>. Acesso em 21/11/2013, Portal do Tribunal Superior Eleitoral. Disponível em: <http://www.tse.jus.br>. Acesso em 21/11/2013.

 

 

 

 

 

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados