PAULO, João (PE)

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: PAULO, João (PE)
Nome Completo: PAULO, João (PE)

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
MONTEIRO, José

PAULO, João

* pref. Recife 2001-2009.

 

João Paulo Lima e Silva nasceu em Olinda (PE) em 31 de outubro de 1952, filho  de  Manoel Messias Lima e Silva e de  Maria de Lourdes Lima e Silva.

Iniciou sua atuação política em 1972, durante o período da ditadura militar, participando dos movimentos Juventude Católica Operária (JOC) e  Ação Católica Operária (ACO).

Em 1978, incentivado por Paulo Freire, recebeu uma bolsa de estudos  e participou de cursos de capacitação em Política Sindical na França, Itália, Bélgica, Espanha e Portugal.

Teve uma rápida passagem pelo Partido Comunista Revolucionário (PCR), dissidência formada por um grupo de ex-militantes do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), do Nordeste, após uma cisão ocorrida em 1966, durante o Regime Militar de 1964, e que se envolveu em ações extralegais contra a ditadura em vigor à época, sendo fortemente reprimido pelos militares ao longo da década de 1970.

Sua atuação no movimento sindicalo conduziu em 1979, à presidência do Sindicato dos Metalúrgicos de Pernambuco, que possuía então cerca de 10 mil filiados.

Em 1980, já desligado do PCR, participou do processo de fundação do Partido dos Trabalhadores (PT) em Pernambuco. Foi também um dos fundadores da Central Única dos Trabalhadores (CUT), tendo ocupado o cargo de primeiro presidente da entidade em seu estado no ano de 1983.

Em 1986, depois de ter sido eleito presidente da Associação de Moradores do Ibura, bairro onde constituiu parte de sua trajetória de militância, decidiu disputar as eleições e candidatou-se a uma vaga para a Assembléia Legislativa pela legenda do PT, mas não conseguiu se eleger.

No pleito de 1988, foi eleito o primeiro vereador do PT no Recife, com 2.723 votos. Dois anos depois, em 1990, disputou novamente as eleições para a Assembléia Legislativa e dessa vez elegeu-se deputado estadual pela legenda do PT com 11 mil votos.

Em outubro de 1992 disputou sua primeira eleição para o Executivo candidatando-se a prefeito de Jaboatão dos Guararapes, região metropolitana do Recife, mas não teve sucesso.

No pleito de 1994, João Paulo reelegeu-se deputado estadual pelo PT com cerca de 50 mil votos. Dois anos depois, em 1996, candidatou-se pela primeira vez à prefeitura do Recife, obtendo 105 mil votos. Perdeu a disputa, porém, para o candidato do Partido da Frente Liberal (PFL), Roberto Magalhães, ficando em terceiro lugar.

Em 1998, João Paulo foi reeleito pela terceira vez deputado estadual, ultrapassando 50 mil votos..

No pleito de 2000, candidatou-se novamente à prefeitura pela “Frente de Esquerda do Recife”, que além do PT reunia outras nove legendas, tendo como seu vice o médico Luciano Siqueira (PCdoB). Apoiado, no segundo turno, também pelo Partido Socialista Brasieliro (PSB), de Miguel Arrais, pelo Partido Popular Socialista (PPS), e pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT), João Paulo derrotou o então prefeito Roberto Magalhães (1997-2001), que tentava a reeleição, apoiado então pelo governador de Pernambuco, Jarbas Vasconcelos (1999-2006), do Partido do Movimento Demopcrático Brasileiro (PMDB), e pelo então vice-presidente da República Marco Maciel (1995-2002). Sua vitória foi uma das maiores surpresas das eleições de 2000 em todo o país. A diferença entre os candidatos foi de apenas 5.835 votos, ou seja, 0,76% dos votos válidos.

Em 2004, reelegeu-se prefeito do Recife, dessa vez vencendo a disputa logo no primeiro turno com 56,11% dos votos válidos e vitorioso em todas as zonas eleitorais da cidade.

Nas eleições municipais de 2008, deixando a prefeitura, conseguiu eleger seu sucessor, João da Costa (PT). 

Em 2005 foi eleito presidente da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), cargo para o qual seria reeleito em 2007.

Formou-se em Edificações e Mecânica pela Escola Técnica Estadual Professor Agamenon Magalhães (Etepam) e ingressou no curso de Economia da Faculdade Boa Viagem, em Recife.

Casou-se com Luzia Jeanne, com quem teve três filhos.

 

FONTES: Congresso em Foco. Disponível em : <http://congressoemfoco.ig.com.br/ DetQuestaodefoco.aspx?id=10>. Acesso em : 13 jan. 2009; Portal da Câmara dos Deputados. Disponível em : <http://www.camara.gov.br>. Acesso em 10 jan. 2009; Portal da Prefeitura do Recife. Disponível em : <http://www.recife.pe.gov.br/pr/ prefeito_biografia.php>. Acesso em : 13 jan. 2009; Portal FNP - Frente Nacional dos Prefeitos. Disponível em : <http://www.fnp.org.br>. Acesso em : 14 jan. 2009; Portal Sebrae (10 abr. 2007). Disponível em : <http://www.agenciasebrae.com.br>. Acesso em: 13 jan. 2009; Portal Último Segundo (7/10/08). Disponível em : <http://www. ultimosegun do.ig.com.br>. Acesso em : 13 jan. 2009; UOL Eleições 2004. Disponível em : <http://noticias.uol.com.br/ultnot/eleicoes/eleito/recife.jhtm>. Acesso em : 13 jan. 2009; Veja (online) 13 dez. 2000. Disponível em : <http://veja.abril.com.br>. Acesso em : 13 jan. 2009.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados