RIBEIRO, FERNANDO ERNESTO CARNEIRO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: RIBEIRO, Fernando Ernesto Carneiro
Nome Completo: RIBEIRO, FERNANDO ERNESTO CARNEIRO

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
RIBEIRO, FERNANDO ERNESTO CARNEIRO

RIBEIRO, Fernando Ernesto Carneiro

*militar; comte. II DN 1974-1977; comte.-em-ch. Esq. 1977-1978.

 

Fernando Ernesto Carneiro Ribeiro nasceu em Salvador no dia 24 de novembro de 1920, filho de Helvécio Carneiro Ribeiro e de Amélia Fernandes Carneiro.

Em sua cidade natal, estudou no Ginásio Carneiro Ribeiro. Transferindo-se depois para o Rio de Janeiro, então capital federal, ingressou na Escola Naval em março de 1938, da qual saiu guarda-marinha em julho de 1943. Promovido a segundo-tenente em fevereiro de 1944, participou, durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945), de operações de patrulha e escolta de comboios no Atlântico Sul.

Chegou a primeiro-tenente em abril de 1945 e a capitão-tenente em março de 1948. Em dezembro de 1950, concluiu o curso de especialização de artilharia para oficiais, sendo promovido a capitão-de-corveta em fevereiro de 1954. Em julho de 1957, assumiu o comando do rebocador Triunfo e, em fevereiro de 1959, foi promovido a capitão-de-fragata. Concluiu o curso de comando da Escola de Guerra Naval em dezembro seguinte, tornando-se, em fevereiro de 1960, encarregado do Escritório Técnico Administrativo de Aratu, em Salvador.

Em abril de 1964, assumiu o comando do navio-oficina Belmonte e do Destacamento de Manutenção da Esquadra, conhecido como Trem da Esquadra. Promovido a capitão-de-mar-e-guerra em maio de 1966, no mês seguinte foi designado para chefiar o Estado-Maior da Força de Transporte da Marinha. Em fevereiro de 1968, assumiu o cargo de comandante do porta-aviões Minas Gerais, no qual permaneceu até abril do ano seguinte. Ao deixar esse comando, foi nomeado adido naval e militar, em Londres, e adido naval em Estocolmo e Oslo, Suécia, funções que exerceu até maio de 1971.

Promovido a contra-almirante em março deste último ano, em julho seguinte assumiu o comando da Força Aeronaval. Nessa função, ocupou, interinamente, o cargo de comandante-em-chefe da Esquadra. Em abril de 1974, assumiu o comando do II Distrito Naval, em Salvador, sendo promovido a vice-almirante em novembro desse mesmo ano. Permaneceu à frente do II Distrito Naval até março de 1977, quando assumiu, como efetivo, a função de comandante-em-chefe da Esquadra, no Rio de Janeiro, em substituição ao almirante Roberto Mário Monnerat. Ocupou este cargo até abril do ano seguinte, sendo sucedido pelo almirante Newton Braga de Faria. Assumindo em seguida a Diretoria de Ensino da Marinha, foi promovido a almirante-de-esquadra em novembro de 1978.

No mês seguinte, foi nomeado diretor-geral de Pessoal da Marinha e, em março de 1979, designado para a diretoria-geral de Material. Assumiu a presidência do Clube Naval, no Rio de Janeiro, em junho seguinte, sucedendo ao almirante Paulo de Bonoso Duarte Pinto. Em janeiro de 1980, assumiu o cargo de comandante de Operações Navais, no qual permaneceu até abril de 1981, quando completou seu tempo de permanência na ativa e passou à reserva.

Dois meses depois, deixou também a presidência do Clube Naval, transmitindo o cargo ao almirante Newton Braga de Faria. Voltou a concorrer à presidência da instituição em maio de 1985, sendo no entanto derrotado pelo almirante Paulo de Bonoso Duarte Pinto.

Durante sua vida militar, fez ainda diversos cursos nos Estados Unidos e o curso de armação e agenciamento de navios da Fundação de Estudos do Mar, na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Faleceu em Houston, Estados Unidos, em 16 de março de 1996.

Era casado com Hilda da Costa Carneiro Ribeiro, com quem teve dois filhos.

 

FONTES: CURRIC. BIOG.; Globo (15/4 e 1/5/81); INF. FAM. Hilda Ribeiro; Jornal do Brasil (10/12/76, 13 e 17/3/77, 26/11 e 8/12/78, 9/3/79, 1/5/81, 28/2/85); MIN. MAR. Almanaque (1971 e 1972).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados