RIPPOL, VALDEMAR

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: RIPPOL, Valdemar
Nome Completo: RIPPOL, VALDEMAR

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
RIPPOL, VALDEMAR

RIPPOL, Valdemar

*rev. 1932.

 

Valdemar Rippol nasceu no Rio Grande do Sul em 1906.

Advogado, foi redator do jornal Estado do Rio Grande até julho de 1932. Segundo chefe do Partido Libertador (PL) e integrante do comitê da Revolução Constitucionalista de 1932 juntamente com Antônio Borges de Medeiros, Raul Pilla e Lindolfo Collor, participou desse movimento, especialmente do levante de Vacaria (RS). Derrotado, foi preso em Porto Alegre, sendo em novembro do mesmo ano deportado para a Europa por ordem do Governo Provisório. Deixou Portugal em 1933 e, após passar pelo Chile, instalou-se em Rivera, no Uruguai, onde foram realizadas conferências da Frente Única Gaúcha (FUG), assistidas por exilados e por membros dessa organização vindos do Rio Grande do Sul.

No dia 31 de janeiro de 1934 foi assassinado a machadadas em Rivera enquanto dormia. Sobre o caso foram levantadas duas versões: na primeira o acusado do assassinato, Pedro Borges, teria cumprido ordens de Camilo Alves da Silva, o qual, por sua vez, teria encontrado guarida na casa do irmão do interventor gaúcho José Antônio Flores da Cunha; na segunda, o assassino seria um oficial brasileiro que coincidentemente era capataz da fazenda do irmão de Flores da Cunha.

O processo não chegou a nenhuma conclusão clara, criando-se assim um mártir, usado pela FUG na campanha eleitoral de 1934 e no combate ao interventor Flores da Cunha.

Sobre o crime, Antônio Amorós publicou Caudillismo salvaje (1939).

 

 

FONTES: CORTÉS; C. Gaúcho; SCHNEIDER, R. Flores; SILVA, H. 1934; SILVA, H. 1937.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados