Roberto Claudio Frota Bezerra Filho

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: CLAUDIO, Roberto.
Nome Completo: Roberto Claudio Frota Bezerra Filho

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:

CLAUDIO, Roberto

Pref. Fortaleza 2013-2017, 2017-.

 

Roberto Claudio Frota Bezerra Filho nasceu em Fortaleza, em 15 de agosto de 1975. Seu pai, Roberto Claudio Frota Bezerra, foi reitor da Universidade Federal do Ceará, e seu avô, Prisco Bezerra, um ilustre professor da mesma instituição que dá nome ao campus principal da Universidade. Sua mãe, Maria das Graças, foi servidora federal da UFC. 

Cursou medicina na universidade da qual seu pai era reitor e, ao final do curso, foi estudar nos Estados Unidos. Na cidade de Tucson, fez mestrado e doutorado em Saúde Pública pela Universidade do Arizona.

Ao retornar para o Ceará, iniciou sua vida política, candidatando-se a deputado estadual pelo Partido Humanista da Solidariedade (PHS). Elegeu-se com cerca de 21 mil votos – a grande maioria na região metropolitana de Fortaleza.

No primeiro mandato, foi vice-líder do governo de Cid Gomes. Também presidiu a Comissão de Ciência e Tecnologia do parlamento cearense, e foi membro também das comissões de Saúde; Fiscalização e Controle; Educação, Cultura e Desporto, além de ser titular da Procuradoria da Assembleia Legislativa. 
Representou a entidade no Conselho de Segurança Alimentar do Ceará; no Conselho Estadual de Ciência e Tecnologia. Integrou ainda a Frente Parlamentar de Apoio a Defensoria Pública do Estado do Ceará; a Comissão Especial para acompanhamento e diagnóstico da Reforma do Judiciário e Comissão Especial em Defesa da implantação da Zona de Processamento de Exportações, a ZPE. Foi avaliado no período como um dos deputados mais influentes da Assembleia Legislativa pela revista Fale.

Nas eleições de 2010, foi reeleito – dessa vez pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB) – com quase 70 mil votos. Em fevereiro de 2011, foi eleito, por unanimidade, presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, com o deputado José Sarto como vice, para o biênio de 2011 a 2013. Em setembro de 2011, por ocasião de uma manifestação de servidores públicos na Assembleia Legislativa, foi acusado de ter ordenado à Polícia Militar que encerrasse os protestos à base da força e repressão.

Em junho de 2012, entretanto, interrompeu o mandato na legislatura com vistas a dedicar-se à campanha para a prefeitura de Fortaleza. A coligação de Roberto, “Para Renovar Fortaleza”, foi a maior coligação entre os candidatos à prefeitura da capital cearense, com 19 partidos compondo a chapa. Na ocasião, as agendas de sua campanha foram temas relacionados à saúde, à educação e ao trânsito. Foi ao segundo turno daquele pleito com votação inferior à do candidato petista Elmano de Freitas, mas logrou eleger-se prefeito com 53% dos votos válidos.

Já em 2013, primeiro ano de seu mandato à frente do poder executivo municipal, filiou-se ao recém-fundado Partido Republicano da Ordem Social (PROS), junto com os irmãos Cid e Ciro Gomes, de longeva trajetória política local. No que concerne à gestão, colocou em votação e obteve êxito ao promover modificações nos salários de prefeito, vice-prefeito e secretários, os quais valores inferiores quando comparados com os das demais capitais.

Dois anos depois, em 2015, migrou para o Partido Democrático Trabalhista (PDT), pelo qual viria a ser reeleito em 2016.

Casou-se com Carolina Bezerra, com quem teve duas filhas.

 


FONTES:

Portal Último Segundo: http://ultimosegundo.ig.com.br/roberto-claudio/5007ff62b5254d2746000081.html. Acesso em 20/02/2017; Portal Revista Fale: http://www.revistafale.com.br/fale69/robertoclaudio.html. Acesso em 20/02/2017; Portal Terra: http://eleicoes.terra.com.br/apuracao/2010/1turno/ceara/. Acesso em 20/02/2017; Portal O Estado do Ceará: http://www.oestadoce.com.br/politica/unanime-roberto-claudio-e-eleito-presidente-da-assembleia. Acesso em 20/02/2017; Portal O Povo: http://www.opovo.com.br/app/fortaleza/2011/09/29/noticiafortaleza,2307150/professores-e-policia-entram-em-confronto-na-assembleia-legislativa.shtml. Acesso em 20/02/2017; Portal Estadão: http://blogs.estadao.com.br/radar-eleitoral/o-povo-houve-excessos-individuais-que-sao-lamentaveis-admite-roberto-claudio-sobre-agressao-a-professores/. Acesso em 20/02/2017; Portal UOL: https://eleicoes.uol.com.br/2012/noticias/2012/10/28/roberto-claudio-psb-vence-e-poe-fim-a-dominio-petista-de-oito-anos-em-fortaleza.htm. Acesso em 20/02/2017; Portal Tribuna do Ceará: http://tribunadoceara.uol.com.br/noticias/politica/roberto-claudio-tem-um-dos-salarios-mais-baixos-entre-os-prefeitos-das-capitais/. Acesso em 20/02/2017; Portal G1: http://g1.globo.com/ceara/eleicoes/2016/noticia/2016/10/roberto-claudio-e-reeleito-prefeito-de-fortaleza.html. Acesso em 20/02/2017.

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados