SABOIA, CELSO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: SABÓIA, Celso
Nome Completo: SABOIA, CELSO

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
SABÓIA, CELSO

SABÓIA, Celso

*dep. fed. PR 1983-1987.

 

Celso da Costa Sabóia nasceu em Rio Negro (PR) em 8 de setembro de 1917, filho de Flávio Sabóia e de América da Costa Sabóia.

Formado pela Escola de Agronomia da Universidade Federal do Paraná em 1939, foi técnico em administração e funcionário de carreira do Banco do Brasil e do Banco Central; diretor-superintendente e presidente do Banco do Estado do Paraná; presidente do conselho das empresas do conglomerado Banestado; diretor da carteira de crédito agrícola do Banco Central; membro do Conselho de Administração do Banco Regional de Desenvolvimento e do Banco de Desenvolvimento do Estado do Paraná (Badep).

Em novembro de 1982 disputou e venceu a eleição para deputado federal na legenda do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), tomando posse em fevereiro de 1983. Em 25 de abril de 1984, votou a favor da emenda Dante de Oliveira, que, apresentada na Câmara dos Deputados, propôs o restabelecimento das eleições diretas para presidente da República em novembro daquele ano. Como a emenda não obteve o número de votos indispensáveis à sua aprovação — faltaram 22 para que o projeto pudesse ser enviado ao Senado —, no Colégio Eleitoral reunido em 15 de janeiro de 1985, Celso Sabóia votou no candidato oposicionista Tancredo Neves, que derrotou Paulo Maluf, candidato do Partido Democrático Social (PDS), que apoiava o regime militar.

Não concorreu à reeleição em novembro de 1986, deixando a Câmara dos Deputados em janeiro de 1987.  Entre março e outubro de 1987, foi diretor do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (Brde), e de novembro de 1987 a março de 1990, diretor-presidente do Badep.

Em novembro de 1995, foi eleito membro suplente do Conselho de Administração do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (Brde) sendo efetivado no cargo em junho de 1997, ocupando o posto durante os dois mandatos de Jaime Lerner no governo do estado (1995-1999, 1999-2003). Em março de 2003 o novo governador eleito, Roberto Requião, publicou decreto exonerando Sabóia do cargo.  

Após o término de seu mandato no BRDE não mais ocupou cargos públicos, vindo a falecer na cidade de Curitiba em agosto de 2003.

Casou-se com Cléa Catta Preta Sabóia, com quem teve três filhos.

FONTES: CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1983-1987); INF. BIOG.; Globo (26/4/84 e 16/1/85); Estado do Paraná (28/8/03).

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados