SALMORIA, ODILON

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: SALMORIA, Odilon
Nome Completo: SALMORIA, ODILON

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
SALMORIA, ODILON

SALMORIA, Odilon

*dep. fed. SC 1983-1987.

 

Odilon Sebastião Salmoria nasceu em Videira (SC) no dia 11 de julho de 1946, filho de Américo Salmoria e de Clarice Pacheco Salmoria.

Após concluir os primeiros estudos em sua cidade natal, transferiu-se para Curitiba, onde cursou o segundo grau. Em 1970 bacharelou-se em ciências jurídicas e sociais pela Faculdade de Direito de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul.

Iniciou sua atuação na política partidária em 1972, filiando-se à Aliança Renovadora Nacional (Arena), partido de sustentação ao regime militar instalado no país em abril de 1964. Em 1973 transferiu-se para o Movimento Democrático Brasileiro (MDB), e após a extinção do bipartidarismo em novembro de 1979, e a consequente reorganização partidária, se inscreveu no Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), que deu continuidade à linha política do extinto MDB.

No pleito de novembro de 1982 foi eleito deputado federal por Santa Catarina na legenda do PMDB. Assumindo o mandato em fevereiro de 1983, participou dos trabalhos legislativos como vice-presidente da Comissão de Economia, membro da Comissão de Indústria e Comércio e suplente da Comissão de Relações Exteriores. Nesse período, foi membro do diretório nacional do partido.

Na sessão da Câmara dos Deputados de 25 de abril de 1984, destinada à votação da emenda Dante de Oliveira, que propunha a realização de eleições diretas para presidente da República em novembro daquele ano, foi favorável à proposta, que foi afinal derrotada. Na eleição do novo presidente da República pelo Colégio Eleitoral, reunido em 15 de janeiro de 1985, votou no oposicionista Tancredo Neves, lançado pela Aliança Democrática, união do PMDB com a dissidência do Partido Democrático Social (PDS) abrigada na Frente Liberal, que derrotou o candidato do regime militar, Paulo Maluf. Entretanto, Tancredo não chegou a assumir a presidência, vindo a falecer em 21 de abril. O vice, José Sarney, que desde 15 de março vinha exercendo interinamente o cargo, foi efetivado na chefia do Executivo federal.

Ainda em 1985, Odilon Salmoria passou a integrar a recém-criada Comissão de Informática da Câmara, onde exerceu o mandato até o final da legislatura, em 31 de janeiro de 1987. De março seguinte a março de 1988 foi secretário de Ciência e Tecnologia e Minas e Energia de Santa Catarina, no governo de seu correligionário Pedro Ivo Campos. A partir de então, voltou-se para as atividades empresariais em Santa Catarina, ocupando cargos de direção em diversas empresas de sua propriedade, entre as quais a Videcar Ltda. Revenda Volkswagen e a Companhia de Melhoramentos de Videira, ambas em Videira, a Veículos Real Ltda., em Campos Novos, a Videcar Caminhões Ltda., em Joaçaba, e a Videcross Comércio de Motos Ltda., em Caçador.

Casou-se com Sandra Salmoria.

 

FONTES: ASSEMB. LEGISL. SC. Dicionário político; CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1983-1987); INF. BIOG.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados