SEBASTIAO MONTEIRO DE BARROS

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: BARROS, Monteiro de
Nome Completo: SEBASTIAO MONTEIRO DE BARROS

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
BARROS, MONTEIRO DE

BARROS, Monteiro de

*dep. fed. SP 1971-1975.

 

Sebastião Monteiro de Barros nasceu em Barretos (SP) no dia 14 de dezembro de 1930, filho de João Monteiro de Barros e de Inês Monteiro de Barros.

Em sua juventude, serviu na cavalaria do Centro de Preparação de Oficiais da Reserva (CPOR) em Curitiba. Diplomou-se pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Paraná em 1955. Fez ainda curso de psicologia e direção em São Paulo no ano de 1963 e curso de extensão universitária na Faculdade de Higiene de São Paulo em 1966.

Diretor de Obras de Saneamento da Secretaria de Serviços de Obras Públicas de 1960 a 1967 e diretor-geral do Departamento de Águas e Esgotos de São Paulo de 1964 a 1965, elegeu-se deputado federal por São Paulo em novembro de 1970, na legenda da Aliança Renovadora Nacional (Arena), partido de apoio ao regime militar instaurado no país em abril de 1964, tendo cumprido o mandato de fevereiro de 1971 a janeiro de 1975.

Na Câmara, foi membro efetivo da Comissão de Orçamento e suplente (1971) da Comissão de Transportes, Comunicações e Obras Públicas. Foi ainda o relator da comissão especial destinada a estudar globalmente o problema da poluição ambiental. Não candidatando-se à reeleição no pleito de novembro de 1974, deixou a Câmara em janeiro do ano seguinte, ao final da legislatura.

No pleito de novembro de 1976 elegeu-se vice-prefeito de Barretos, pela legenda da Arena, na chapa encabeçada por Melek Zaiden Geraige. Assumiu o mandato no início do ano seguinte, permanecendo no cargo até 1982, em virtude da aprovação, em setembro de 1980, no Congresso Nacional, da prorrogação dos mandatos executivos municipais. Entre 1982 e 1983 foi diretor da empresa estatal Fundação das Instâncias Minerais do Estado de São Paulo. Deixando a vida pública, passou a cuidar de seus negócios particulares.

Foi presidente do Barretos Esporte Clube.

Faleceu em Barretos no dia 24 de setembro de 1994.

Era casado com Idalina de Oliveira Pereira Monteiro de Barros, com quem teve dois filhos.

Publicou Organização de obras públicas: métodos de execução e fiscalização (1965).

 

FONTES: CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1971-1975); INF. FAM.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados