Sergio Ernesto Alves Conforto

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: CONFORTO, Sergio Ernesto Alves
Nome Completo: Sergio Ernesto Alves Conforto

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:

CONFORTO, Sergio Ernesto Alves

*militar gen. ex.; min. STM.

 

Sergio Ernesto Alves Conforto nasceu na cidade do Rio de Janeiro (RJ) no dia 03/09/1940, filho de Ernesto Conforto e de Thereza Alves Conforto.

Seu ingresso no Exército brasileiro se deu em 15/02/1960, quando assentou praça. Pelos 3 anos posteriores fez o curso de Artilharia no bacharelado em Ciências Militares da Academia Militar das Agulhas Negras, em Resende (RJ), ao fim do qual foi declarado aspirante-a-oficial de artilharia em 20/12/1962. Por antiguidade, obteve as promoções a 2º tenente em 25/08/1963, a 1º tenente em 25/08/1965, e a capitão em 25/08/1968. 

Até então tinha ocupado os lugares de comandante de seção do Grupo Escola de Artilharia, onde também foi comandante de bateria, instrutor do Colégio Militar do Rio de Janeiro, e comandante de bateria no 12º Grupo de Artilharia de Campanha.

Em 1968 fez o curso em Comunicações, na Escola de Comunicações, onde também foi instrutor. 5 anos depois, em 1973, cursou o Aperfeiçoamento de Oficiais de Artilharia, na Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais, o que correspondia ao mestrado na carreira militar. Preenchido este requisito para acessar o oficialato superior, em 1976 deu início ao curso de Comando e Estado-Maior, na Escola de Comando e Estado Maior do Exército (ECEME). O curso tinha equivalência ao doutorado, constituindo requisito indispensável para concorrer ao generalato e para integrar Estado-Maior de grandes unidades e grandes comandos da força terrestre. Concluiu o curso em 1978, mas 1 ano antes foi promovido por merecimento a major, em 31/08/1977.

Teve ainda uma formação civil, em que cursou paraquedismo civil e engenharia civil.

Foi promovido por merecimento a tenente-coronel em 31/08/1982. De julho de 1986 a julho de 1987 fez o curso da Escola de Guerra do Exército dos EUA (Army War College), durante o qual teve a promoção por merecimento a coronel, em 31/08/1986.

Como oficial superior foi estagiário no comando da 1ª Divisão de Exército, onde foi adjunto da 3ª Seção, instrutor e chefe de seção da ECEME, adjunto da 3ª subchefia do Estado-Maior do Exército, oficial de gabinete do Comandante do Exército, e comandante da Escola de Instrução Especializada.

Ingressou no generalato com a promoção de 25/11/1993 a general-de-brigada. Tornou-se general-de-divisão a 31/07/1998, e general-de-exército a 31/03/2002. Sua carreira como oficial-general foi composta pelas funções de chefe do Estado-Maior do Comando Militar do Oeste e 9ª Divisão do Exército, de onde foi também comandante em 1994, comandante da 9ª Região Militar, diretor de Motomecanização, diretor de Formação e Aperfeiçoamento, chefe do Departamento de Engenharia e Construção, e chefe do Departamento de Ensino e Pesquisa.

Era Comandante Militar do Leste quando foi nomeado ministro do Superior Tribunal Militar (STM), em 02/06/2005, tomando posse em 14/06/2005.

No STM integrou as comissões de Direito Penal Militar, de 2005 a 2010, de Acompanhamento de Estágio Probatório de Magistrados, em 2007, de Planejamento das Comemorações do Bicentenário da Justiça Militar, de 2007 a 2009, e do Conselho de Administração, de 2009 a 2010. Além de seu discurso de posse, fez uma saudação à Marinha do Brasil e o discurso de despedida ao ministro general-de-exército Max Hoertel, que se aposentou em 2007.

Entre 2005 e 2009 proferiu diversas palestras e representou o STM em dezenas de solenidades, eventos e atividades comemorativas.

Aposentou-se a 10/08/2010, a um mês de completar 70 anos de idade. Foi substituído no Tribunal pelo general-de-exército Fernando Sérgio Galvão.

Casou-se com Edite Bastos Conforto, com quem teve três filhas.

Ganhou as seguintes condecorações: Ordem do Mérito Militar, grau “Grã-Cruz”; Ordem do Mérito Aeronáutico, grau “Grande Oficial”; Ordem do Mérito Naval, grau “Grande Oficial”; Ordem do Mérito das Forças Armadas, grau “Comendador”; Ordem do Mérito Judiciário Militar nos graus “Alta Distinção” e “Grã Cruz”; Medalha Militar de Ouro com Passador de Platina; Medalha do Pacificador; Medalha do Mérito Santos Dumont; Medalha do Mérito Tamandaré; Medalha Marechal Trompowski; Medalha da Vitória; Medalha do Mérito Ex-Combatente do Brasil; Comenda da Academia Municipalista de Letras; Medalha da Ordem do Mérito Ministério Público Militar, grau “Alta Distinção”; Ordem do Mérito Judiciário do Distrito Federal e Territórios, grau “Grã-Cruz”.

Publicou “A Justiça Militar”, In: Superior Tribunal de Justiça: doutrina: edição comemorativa, 20 anos. Brasília: STJ, 2009, p. 55-59.

 

Leonardo S. Sasada Sato

 

FONTES: Portal STM. Biografia do ministro. Disponível em http://www.stm.jus.br/institucional/ministros-aposentados/ministro-gen-ex-sergio-ernesto-alves-conforto, e http://www.stm.jus.br/institucional/ministros-da-corte-desde-1808/sergio-ernesto-alves-conforto, acesso em 27 set. 2014. Senado Federal, Mensagem nº 109, de 2005. Disponível em http://www.senado.gov.br/atividade/materia/getPDF.asp?t=43147&tp=1, acesso em 27 set. 2014. Senado Federal, Mensagem nº 158, de 2010. Disponível em http://www.senado.gov.br/atividade/materia/getPDF.asp?t=79570&tp=1, acesso em 27 set. 2014.

 

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados