SIQUEIRA, Marcelo

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: SIQUEIRA, Marcelo
Nome Completo: SIQUEIRA, Marcelo

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
SIQUEIRA, Marcello

SIQUEIRA, Marcelo

*dep. fed. MG 2003-2007.

 

Marcelo Lignani Siqueira nasceu em Juiz de Fora (MG) no dia 22 de fevereiro de 1938, filho de Moacyr Siqueira e de Luísa Lignani de Siqueira.

Em 1963 formou-se em engenharia civil e eletrotécnica pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Trabalhou como engenheiro e em 1966 tornou-se assessor de Itamar Franco, que nesse ano foi eleito foi eleito prefeito de Juiz de Fora, iniciando assim uma colaboração que se estenderia até 2002. Sócio e diretor financeiro da firma JJ Engenheiro S.A. em Juiz de Fora de 1974 a 1996, foi presidente do conselho de administração de Furnas de 1992 a 1994, período em que Itamar Franco exerceu a presidência da República. Oriundo do Movimento Democrático Brasileiro, em 1994 filiou-se ao Partido de Reconstrução Nacional (PRN), em seguida ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), e em 1997 transferiu-se para o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), de cuja executiva nacional seria vice-presidente em 2000. Entre 1999 e 2002, período em que Itamar Franco foi governador de Minas Gerais, foi conselheiro e presidente da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa).

Em 2002 elegeu-se deputado federal por Minas Gerais na legenda do PMDB. Assumiu o mandato em fevereiro de 2003 e durante a legislatura foi titular das comissões de Minas e Energia e de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados, e ainda da Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização. Posicionou-se contra a privatização de Furnas. Em 2006, foi um dos 46 deputados federais que abriram mão dos salários extras da convocação extraordinária, conforme registro da Diretoria Geral da Câmara dos Deputados, e distribuiu essa verba entre oito entidades assistenciais de Juiz de Fora. Deixou a Câmara em janeiro de 2007, ao fim do mandato.

Em julho de 2009, deixou o PMDB e filiou-se ao Partido Popular Socialista (PPS), no qual permaneceu por dois anos.

Casado, um dos seus filhos, Bruno de Freitas Siqueira, foi vereador em Juiz de Fora, na legenda do PMDB, por três mandatos, deputado estadual por dois anos e foi eleito prefeito de Juiz de Fora nas eleições de 2012.

Orson Camargo

 

 FONTES: Portal da Câmara dos Deputados. Disponível em: <www.camara.gov.br>. Acesso em 27/05/2009; Portal da COPASA. Disponível em: <http://www.copasa.com.br>. Acesso em 01/08/2013; Portal da Fundação Seade-SP. Disponível em: <www.seade.gov.br>. Acesso em 02/06/2009; Portal do jornal Folha de S. Paulo 04/10/2001 e 30/01/2006. Disponível em <www.folha.uol.com.br >. Acesso em 06/07/2009. Portal do jornal Hoje em Dia. Disponível em: <http://www.hojeemdia.com.br/>. Acesso em 01/08/2013; Portal do Tribunal Superior eleitoral. Disponível em: < http://www.tse.jus.br/>. Acesso em 01/08/2013.

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados