SOUSA, CARLOS EDUARDO DE AFONSECA ALVES DE

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: SOUSA, Carlos Eduardo de Afonseca Alves de
Nome Completo: SOUSA, CARLOS EDUARDO DE AFONSECA ALVES DE

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
SOUSA, CARLOS EDUARDO DE AFONSECA ALVES DE

SOUSA, Carlos Eduardo de Afonseca Alves de

*diplomata; emb. Bras. Paraguai 1991-1992.

Carlos Eduardo de Afonseca Alves de Sousa nasceu no Rio de Janeiro, então Distrito Federal, no dia 21 de setembro de 1933, filho de Vladimir Alves de Sousa e Maria Amélia de Afonseca Alves de Sousa.

Iniciou sua carreira diplomática como cônsul de terceira classe, em 1957, após concluir o curso de preparação ministrado pelo Instituto Rio Branco, do Ministério das Relações Exteriores. Nesse mesmo ano foi colocado à disposição da Comitiva do Presidente de Portugal em visita ao Brasil. Em seguida, em 1958, integrou a delegação brasileira à II Conferência Internacional das Nações Unidas sobre Uso Pacífico de Energia Atômica, em Genebra, na Suíça. Ainda em 1958, foi designado para a embaixada brasileira em Bogotá, na Colômbia, onde de 1960 a 1961 desenvolveu as atividades de encarregado de negócios.

Em 1961, tornou-se segundo-secretário por merecimento, permanecendo em Bogotá até 1962, quando foi removido para Buenos Aires, na Argentina. Em 1966, de volta ao Brasil, foi promovido a primeiro-secretário por merecimento e ficou à disposição da Presidência da República até 1967, quando foi nomeado assistente do chefe da divisão da Europa Ocidental. Em 1968, serviu como encarregado de negócios, em Nairobi, no Quênia, e como primeiro-secretário, em Lisboa, em Portugal, de 1968 a 1972. Nesse ínterim cumpriu, ainda, as funções de encarregado de negócios em Dacar, no Senegal, em 1969.

Designado como encarregado de negócios para Belgrado, permaneceu na capital iugoslava de 1972 a 1973, sendo promovido a conselheiro, ainda neste posto. Ocupou, de 1975 a 1976, o posto de chefe da divisão da Europa II, sendo promovido a ministro de segunda classe. Durante esse período, participou, como delegado, da III Reunião da Comissão Mista Brasil-Romênia, em Brasília, em 1975.

De 1977 a 1981, serviu como ministro-conselheiro na missão brasileira para a Comunidade Econômica Européia, em Bruxelas, na Bélgica, desenvolvendo as funções de encarregado de negócios no período de 1977 a 1979. Nessa condição, participou das negociações com a Comunidade Econômica Européia para a conclusão de Acordo Bilateral de Têxteis, em Bruxelas, na Bélgica, e chefiou a delegação brasileira nas negociações para a renovação do Acordo de Multifibras, em Genebra, na Suíça, ambas em 1977. Em 1979, foi delegado brasileiro nas negociações com a Comunidade Econômica Européia para a conclusão de acordo sobre comércio de produtos siderúrgicos.

Em 1981, foi designado cônsul-geral em Nova Iorque, nos Estados Unidos, lá permanecendo até 1983. De volta ao Brasil, foi nomeado chefe do departamento de comunicações e documentação do Ministério das Relações Exteriores, posição que ocupou até 1985, quando foi promovido a ministro de primeira classe por merecimento, e nomeado chefe do cerimonial da Presidência da República. À frente do cerimonial, de 1985 a 1986, fez parte de comitivas presidenciais nas visitas oficiais que o presidente José Sarney realizou ao Uruguai, a Portugal, ao Cabo Verde, à Argentina, à Itália e aos Estados Unidos.

Foi nomeado embaixador brasileiro em Praga, na Tchecoslováquia, em 1987, sendo removido para Assunção, no Paraguai, em 1991, substituindo a Orlando Carbonar. Deixou a capital paraguaia em 1994, sendo sucedido por Alberto Vasconcelos da Costa e Silva.

Em de setembro de 1994 assumiu o posto de embaixador brasileiro na Suíça, onde permaneceu até junho de 1998. No mês seguinte, assumiu a assessoria parlamentar do MRE para assuntos internacionais.

Aposentou-se como ministro de primeira classe em março de 2001.

Em novembro de 2009, Carlos Eduardo Afonseca Alves de Sousa residia no Rio de Janeiro.

Do seu primeiro casamento, teve quatro filhos. Casou-se em segundas núpcias com Nadia Kastrup Alves de Sousa.

 

FONTES: INF. Jorge Eduardo Afonseca Alves de Sousa; MIN. REL. EXT. Anuário (1992 e 2008).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados