SOUSA, GLAUCO FERREIRA DE

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: SOUSA, Glauco Ferreira de
Nome Completo: SOUSA, GLAUCO FERREIRA DE

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
SOUSA, GLAUCO FERREIRA DE

SOUSA, Glauco Ferreira de

*diplomata; emb. Bras. Bolívia 1958-1959.

 

Glauco Ferreira de Sousa nasceu em Belém no dia 29 de agosto de 1903.

Bacharelou-se pela Faculdade de Direito do Rio de Janeiro, no então Distrito Federal, em 1927.

Em julho do mesmo ano ingressou na carreira diplomática como terceiro-oficial interino, posto no qual permaneceria, após concurso prestado em 1928, até janeiro de 1931. De junho de 1929 a março do ano seguinte dirigiu o Arquivo Central do Itamarati e, nesse ínterim, foi promovido em janeiro a cônsul de terceira classe. Chegou a segundo-secretário em agosto de 1932, quando foi designado para Caracas, na Venezuela, onde assumiu suas funções em outubro seguinte. Atuou como encarregado de negócios nessa cidade de julho de 1933 a agosto de 1934 em substituição ao embaixador José Joaquim de Lima e Silva Muniz de Aragão, sendo transferido em dezembro desse ano para o Vaticano, onde assumiu o posto em janeiro de 1935.

Removido para Berlim em dezembro seguinte, lá permaneceu até fevereiro de 1939, quando foi transferido para a Secretaria do Itamarati, no Rio de Janeiro. De setembro desse último ano até novembro de 1940 dirigiu interinamente a Divisão de Negócios Políticos do Itamarati. Nesse período atuou, em março de 1940, como secretário-geral da delegação brasileira à Reunião de Jurisconsultos Revisora das Convenções de Direito Internacional Privado, realizada em Montevidéu. Promovido a primeiro-secretário em dezembro seguinte, foi transferido para Lima, no Peru, onde assumiu em janeiro de 1941 o posto de encarregado de negócios em substituição a Luís Leivas Bastian Pinto, função que exerceu até o mês seguinte.

Em outubro de 1945 foi removido para o México, onde desempenhou a função de encarregado de negócios dessa data até abril do ano seguinte e de setembro a novembro de 1947, substituindo o embaixador Sebastião Sampaio. Retornou em seguida à Secretaria do Itamarati, onde permaneceu até fevereiro de 1949, quando foi promovido a ministro de segunda classe. Nesse ínterim foi designado, em fevereiro de 1948, para exercer a chefia da Divisão Política do Departamento Político e Cultural do Itamarati, a partir de setembro do mesmo ano.

Ainda em fevereiro de 1949 foi designado ministro-conselheiro em Buenos Aires, tendo assumido o posto em abril desse ano. Em dezembro seguinte tornou-se encarregado de negócios na capital argentina, exercendo essa função até janeiro de 1950 e de outubro a novembro do mesmo ano em substituição ao embaixador Mílton de Freitas Almeida. Novamente encarregado de negócios, em janeiro de 1951 foi negociador e signatário, em nome do governo brasileiro, do acordo com o governo argentino para a compra de trigo. Em julho seguinte voltou a atuar como negociador e signatário, dessa vez na qualidade de chefe da delegação brasileira, do acordo com o governo daquele país para a venda de frutas. Em agosto deixou a função de encarregado de negócios, sendo substituído pelo embaixador João Batista Luzardo, para reassumi-la entre janeiro e fevereiro de 1952 e em setembro do mesmo ano, sempre em substituição a Batista Luzardo.

Removido para Paris em janeiro de 1953, serviu também como encarregado de negócios na capital francesa de abril a outubro desse ano em substituição ao embaixador Carlos Celso de Ouro Preto. Em junho de 1954 foi transferido para Oslo, na Noruega, como embaixador extraordinário e ministro plenipotenciário, lá permanecendo até agosto de 1956. Promovido a ministro de primeira classe em dezembro do ano seguinte, foi removido como embaixador para La Paz, na Bolívia, em julho de 1958, substituindo o encarregado de negócios Davi Silveira da Mota Júnior, que substituía por sua vez o embaixador Álvaro Teixeira Soares.

Faleceu em abril de 1959, sendo substituído na embaixada pelo encarregado de negócios Manuel Dezon Costa Hasslocher.

 

 

FONTE: MIN. REL. EXT. Anuário (1961).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados