SOUSA, Morais

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: SOUSA, Morais
Nome Completo: SOUSA, Morais

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
SOUSA, MORAIS

SOUSA, Morais

*dep. fed. PI 2003-2007.

 

Antônio José de Morais Sousa nasceu em Parnaíba (PI) no dia 15 de janeiro de 1937, filho de Joaz Rabelo de Sousa e de Joana de Morais Sousa. Seu irmão Francisco de Assis de Morais Sousa, conhecido por Mão Santa, foi governador do Piauí (1995-2001) e senador pelo mesmo estado com mandato de 2003 a 2011. O outro irmão, Paulo de Tarso de Morais Sousa, foi secretário de Fazenda do Piauí no governo de Mão Santa. Seu sobrinho, Francisco de Assis de Morais Sousa Júnior, foi chefe da Casa Civil também no governo Mão Santa, e candidato a prefeito de Parnaíba em 2004.

Formou-se em administração de empresas, estudou contabilidade e fez especialização em técnicas comerciais, além de cursos na Escola Superior de Guerra (ESG), no Rio de Janeiro.

Iniciou sua militância política em 1983, quando se filiou ao Partido Democrático Social (PDS). Em novembro de 1986 foi eleito deputado estadual constituinte nessa legenda. Já filiado ao Partido da Frente Liberal (PFL), foi reeleito deputado estadual em 1990 e 1994. Com a posse de seu irmão no governo do estado em 1995, ocupou a pasta da Indústria e Comércio do Estado do Piauí e filiou-se ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB). Foi mais uma vez eleito deputado estadual em outubro de 1998.

Nas eleições de outubro de 2002, elegeu-se deputado federal pelo Piauí na legenda do PMDB. Tomou posse em fevereiro de 2003, mas em setembro do mesmo ano o Ministério Público estadual entrou com uma ação pedindo a impugnação de seu mandato, acusando seu comitê eleitoral de distribuir medicamentos durante sua campanha na cidade de Beneditinos (PI) em troca de votos. Em março de 2004, seu mandato foi cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Piauí. Morais Sousa recorreu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que o absolveu. Durante o período pré-eleitoral de 2006, enfrentou problemas de saúde que o tiraram da disputa pela reeleição. Permaneceu na Câmara dos Deputados até o fim do mandato, em janeiro de 2007. Ao longo da legislatura, foi membro titular das comissões de Agricultura e Política Rural, de Legislação Participativa, e de Trabalho, Administração e Serviço Público. Como suplente, atuou nas comissões de Constituição de Justiça e de Cidadania, de Turismo e Desporto, e nas comissões especiais de Terrenos de Marinha e da Sudene.

Em sua longa vida empresarial, integrou, em seu estado, os conselhos deliberativos do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e do Serviço Social da Indústria (Sesi). Presidiu também o Sindicato das Indústrias da Construção e do Mobiliário do Piauí, a Federação das Indústrias do Estado do Piauí (FIEPI), e foi vice-presidente do conselho de representantes da Confederação Nacional da Indústria (CNI) em Brasília. No setor empresarial, dirigiu a Indústria Cerâmica e Imobiliária e a Rosápolis Indústria Cerâmica, ambas em Parnaíba (PI). Foi também fundador e diretor da Rádio Iguaçu de Parnaíba.

Casou-se com Maria do Carmo Oliveira Sousa. Seu filho, Antônio José de Morais Sousa Filho, foi vereador em Parnaíba (1993-1996), prefeito dessa cidade (1997-2000) e deputado estadual (2003- ).

 

FONTES: Câmara dos Deputados; Folha de São Paulo (27/05/03); Informativo semanal do Sistema de Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC On Line) (24/07/06); Folha On Line (29/03/04), O Globo (30/03/04); FIEPI.COM (02/02/2009).

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados