TAVARES, Martus

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: TAVARES, Martus
Nome Completo: TAVARES, Martus

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:

TAVARES, Martus

*min. Planej. 1999-2003.

 

Martus Antônio Rodrigues Tavares nasceu na cidade de Maranguape (CE) no dia 7 de junho de 1955, filho de Manoel Tavares e Maria Rodrigues Tavares.

Formou-se em economia na Universidade Federal do Ceará (UFC) e tornou-se mestre em economia na Universidade de São Paulo (USP). Nessa última universidade, entrou em contato com o grupo de economistas que mais tarde fundaria o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB).

De 1980 a 1986, ministrou cursos de macroeconomia, moedas, bancos e economia brasileira na Universidade Estadual de Londrina (UEL), no Paraná. Em 1986 ingressou na Secretaria do Tesouro Nacional, onde ocuparia diversos cargos até 1989, quando passou a ser Diretor-Adjunto do Departamento de Orçamentos da União do Ministério da Economia.

De junho de 1990 a setembro de 1991, foi secretário-adjunto de Política Econômica e, de março a setembro de 1992, ocupou a mesma função na Secretaria Nacional de Planejamento, onde acompanhou a execução do programa econômico estabelecido via acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI). Durante esse período de passagem pelas secretarias da área econômica, esteve comprometido com o conjunto de reformas que visavam à modernização e redefinição do papel do Estado, além da consolidação da abertura da economia.

                Foi assessor da liderança do PSDB na Câmara do Deputados de outubro de 1992 a abril de 1994. Também prestou serviços de consultoria para o FMI e para o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) na área de finanças públicas.

Em janeiro de 1995, no primeiro governo Fernando Henrique Cardoso, foi chefe da Assessoria Econômica do Ministério do Planejamento até setembro do mesmo ano, quando se tornou secretário-executivo daquele ministério. Nessa função, coordenou os projetos de lei do Plano Plurianual, da Lei de Diretrizes Orçamentárias e da Lei Orçamentária, todos referentes ao período 1996-1999, além de vários projetos da área financeira e do Programa de Estabilização Fiscal, de novembro de 1998.

Assumiu a pasta do Planejamento, Orçamento e Gestão em 19 de julho de 1999, no segundo governo Fernando Henrique Cardoso (1999-2002). Foi um dos principais formuladores da Lei de Responsabilidade Fiscal, estabelecida pela lei complementar nº. 101 de 4 de maio de 2000 e que estabeleceu que a União, os estados e os municípios ficariam obrigados a apresentar suas finanças detalhadamente aos seus respectivos Tribunais de Contas, que as aprovariam ou não. Em 2001, filiou-se ao PSDB. Deixou o Ministério em janeiro de 2003 ao final do mandato do presidente Fernando Henrique Cardoso.

Em 2005 foi secretário de Planejamento na gestão de Geraldo Alckmin à frente do governo de São Paulo (2001-2006). Em abril de 2006, quando Alckmin deixou o governo para concorrer à Presidência da República, Martus Tavares foi para a iniciativa privada onde tornou-se presidente da concessionária BR-Vias.

Foi casado com Selma Pantel.

 

FONTES: FEDERAÇÂO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DO CEARÁ; FOLHA DE SÃO PAULO (26/9/01, 10/10/07); O POVO (11/8/01).

 

 

 

Referências:

 

FEDERAÇÂO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DO CEARÁ. Dados biográficos.

http://www.fiec.org.br/documentacao/prem/comeind/pers_merito/mart.asp Acesso em 13/11/09.

 

FOLHA DE SÃO PAULO. Ministro se filia hoje ao PSDB-CE. 26/9/01.

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc2609200110.htm Acesso em 13/11/09.

 

Vamos acelerar as concessões, diz ministro. 10 out. 2007.

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/dinheiro/fi1010200701.htm Acesso em 14/11/09.

 

O POVO. Cearense é povo que migra, mas sempre volta. 11 ago. 2001

http://opovo.uol.com.br/opovo/colunas/politica/29244.html Acesso em 14/11/09.

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados