COMISSAO DO PLANEJAMENTO ECONOMICO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: COMISSÃO DO PLANEJAMENTO ECONOMICO
Nome Completo: COMISSAO DO PLANEJAMENTO ECONOMICO

Tipo: TEMATICO


Texto Completo:
COMISSÃO DO PLANEJAMENTO ECONÔMICO

COMISSÃO DO PLANEJAMENTO ECONÔMICO

Órgão criado em setembro de 1944, ao final da Segunda Guerra Mundial, a fim de rever e coordenar a adaptação da economia às condições exigidas pelos tempos de paz. Foi extinta um ano depois, em 1945, com a queda do presidente Getúlio Vargas.

A criação da Comissão do Planejamento Econômico parece ter decorrido da idéia de se estabelecer em bases permanentes a experiência da Coordenação da Mobilização Econômica. Por outro lado, analisando alguns aspectos da evolução do planejamento econômico no Brasil, Viana Monteiro e Azevedo Cunha, baseados em entrevista a eles concedida por Eugênio Gudin, levantam a hipótese de que a criação do órgão tenha tido o objetivo de limitar a repercussão das propostas do Conselho Nacional de Política Industrial e Comercial, na época orientado por Roberto Simonsen.

Composta de 17 membros e presidida pelo secretário-geral do Conselho de Segurança Nacional, a comissão propunha-se a planejar a economia do país nas áreas da agricultura, da indústria, do comércio interior e exterior, dos transportes, da moeda, do crédito e da tributação, procurando ainda estimular e amparar a iniciativa e o esforço da empresa privada.

Segundo Rômulo de Almeida, a comissão chegou a preparar um plano ferroviário que foi adotado em 1946 e posteriormente reelaborado pelo Plano Salte.

Mônica Kornis

FONTES: COMIS. PLAN. ECON. Relatório; DINIZ, E. Empresário; MONTEIRO, J. Alguns.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados