Félix Mielli Venerando

Entrevista

Félix Mielli Venerando

Entrevista realizada no contexto do projeto “Futebol, Memória e Patrimônio: projeto de constituição de um acervo de entrevistas em História Oral”, desenvolvido entre dezembro de 2010 e dezembro de 2012, em convênio com o Museu do Futebol e com financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). O projeto tem como objetivos a constituição de um banco de depoimentos (registrados em áudio e vídeo), além da produção de um DVD a partir do material gravado com jogadores de futebol que participaram da seleção brasileira entre 1954 e 2010. Para ter acesso à transcrição e ao vídeo da entrevista clique aqui.
Forma de Consulta:
Entrevista em texto disponível para download.
Entrevista em vídeo disponível na Sala de Consulta do CPDOC e trechos no portal.

Tipo de entrevista: História de vida
Entrevistador(es):
Fernando Henrique Neves Herculiani
Aníbal Massaini Neto
Data: 1/9/2011
Local(ais):
São Paulo ; SP ; Brasil

Duração: 3h8min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Félix Mielli Venerando
Nascimento: 24/12/1937; São Paulo; SP; Brasil;

Falecimento: 24/8/2012; São Paulo; SP; Brasil;

Formação:
Atividade: Félix atuou como goleiro nos seguintes times de futebol: Juventus (1953-1955), Portuguesa (1955-1957), Nacional-SP (1957-1960), Portuguesa (1961-1968), Fluminense (1968-1976), e na Seleção Brasileira (1965-1972).

Equipe

Levantamento de dados: Fernando Henrique Neves Herculiani;Theo Di Pierro Ortega;Ludmila Mendonça Lopes Ribeiro;Daniela Alfonsi;Clarissa Batalha da Silva Alves;Bruno Romano Rodrigues;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Fernando Henrique Neves Herculiani;Theo Di Pierro Ortega;Ludmila Mendonça Lopes Ribeiro;Bernardo Borges Buarque de Hollanda;Daniela Alfonsi;Clarissa Batalha da Silva Alves;Bruno Romano Rodrigues;

Transcrição: Maria Izabel Cruz Bitar;

Conferência da transcrição: Marcos Longo Conde;

Técnico Gravação: Bernardo de Paola Bortolotti Faria;

Sumário: Ítalo Rocha Viana;

Temas

Atividade profissional;
Copa do Mundo;
Edson Arantes do Nascimento (Pelé);
Emerson Leão;
Família;
Fluminense Football Club;
Formação profissional;
Mario Jorge Lobo Zagallo;

Sumário

Entrevista: 01/09/2011

Origens; a família; o futebol de várzea; início da carreira no Juventus de São Paulo; lembranças do estádio da Rua Javari; a passagem pelo Máquinas Piratininga; a ida para a Portuguesa de Desportos; a profissionalização e as principais referências; o curso de contabilidade; a formação de goleiro; goleiros marcantes; a passagem pelo Nacional; Copa de 1950: comentários sobre a injustiça feita a Moacir Barbosa Nascimento (Barbosa); primeiras convocações e o retorno à Portuguesa; presença nas listas de 1962 e 1966; a titularidade na Portuguesa; a evolução dos equipamentos esportivos; a vida como jogador profissional; o casamento e as filhas; estabilidade financeira; a Portuguesa; o surgimento do treinador de goleiros; a seleção brasileira; a estreia; a seleção de 1966; a Copa Rio Branco; a ida para o Fluminense; a contratação; a estreia contra o Botafogo; uma nova realidade; o primeiro título de expressão; as eliminatórias para a Copa de 1970; a convocação em 1969; participação vitoriosa; a não convocação em 1970; a preparação para a Copa de 1970; repercussões pela não convocação; a saída de Saldanha; Zagallo e a convocação para a Copa; a preparação para a Copa de 1970; a preparação física; diferenças entre Zagallo e Saldanha; a formação da equipe; a preparação para a Copa de 1970; a ida para o México; comentários sobre o corte e a convocação de Emerson Leão; alguns problemas internos: desavenças entre José de Anchieta Fontana (Fontana) e Pelé; a união do grupo; lideranças dentro do campo; copa de 1970 – 1ª fase; o primeiro jogo; lances incríveis de Pelé; as dificuldades contra a Inglaterra; a torcida mexicana; o jogo contra a Romênia; copa de 1970 – Quartas e semi final; o Peru; o jogo contra o Uruguai e as lembranças de 1950; o drible de Pelé em Mazurkiewicz; as vésperas do jogo com o Uruguai;copa de 1970 – Final; as vésperas da final; o desenrolar da partida;campeão do mundo; a emoção; a comemoração na volta ao Brasil; o retorno para o Fluminense e a seleção brasileira pós-70; campeão brasileiro e carioca; o corte da Copa de 1974; diferenças entre 1970 e 1974; a importância das lideranças; a nova geração; o auge do Fluminense e o fim da carreira; relacionamento com Francisco Horta, presidente do Fluminense; a lesão aos 36 anos; treinador de goleiros; o único gol da carreira; violência nos estádios; o futebol hoje; o apelido Papel; a Copa de 2014.
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados