Patrício Vitorino Langa

Entrevista

Patrício Vitorino Langa

Entrevista realizada no contexto do projeto “Cientistas sociais de países de Língua Portuguesa: histórias de vida”, com financiamento do Programa de Cooperação em matéria de Ciências Sociais para os países da comunidade de Língua Portuguesa (Programa Ciências Sociais CPLP) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).
Forma de Consulta:
Entrevista em texto disponível para download.
Vídeo, com consulta no portal. Clique aqui para acessar o vídeo.

Tipo de entrevista: História de vida
Entrevistador(es):
Helena Maria Bousquet Bomeny
Guilherme Mussane
Arbel Griner
Data: 10/8/2011
Local(ais):
Rio de Janeiro ; RJ ; Brasil

Duração: 1h42min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Patricio Vitorino Langa
Formação:
Atividade:

Equipe


Transcrição: Lia Carneiro da Cunha;

Conferência da transcrição: Gabriela Mayall;

Técnico Gravação: Thais Blank; Bernardo de Paola Bortolotti Faria;

Sumário: Ninna Carneiro;

Temas

África do Sul;
Atividade científica;
Centros de pesquisa;
Ciências Sociais;
Ensino;
Ensino superior;
Família;
Formação acadêmica;
Formação de professor;
Formação escolar;
Instituições acadêmicas;
Língua estrangeira;
Moçambique;
Obras de referência;
Participação política;
Pierre Bourdieu ;
Pós - graduação;
Produção intelectual;
Sociologia;

Sumário

Entrevista: 10.08.2011

Origens familiares; os avós paternos e maternos; o ensino primário e secundário na província de Xai-Xai; o sistema de formação escolar moçambicano; o currículo escolar; o ensino pré-universitário; a decisão de cursar Ciências Sociais; a indecisão entre economia, direito e ciências sociais; o direito de escolha no vestibular, associado a uma nova geração de estudantes moçambicanos; engajamento político; o impacto da morte do ex-presidente moçambicano, Samora Machel; a mudança de perspectiva em relação ao papel das ciências sociais na sociedade; a ligação emocional com a figura de Samora Machel; a faculdade de Ciências Sociais; as disciplinas do curso; a opção pela sociologia; a relação com o professor Elísio Macamo; o fim da graduação; o desejo de terminar a licenciatura fora de Moçambique; a tese de final de curso; o convite para trabalhar com o professor Mouzinho Mário na Faculdade de Educação da Universidade Eduardo Mondlane; a escolha do projeto de mestrado; o curso da Fábrica de Ideias, na Bahia; a influência da professora Teresa Cruz e Silva; insatisfação com a rotina de dar aulas; o mestrado na University of Cape Town; o início complicado do mestrado; o esforço em aprimorar o inglês; a mudança de supervisor do mestrado; a dissertação; o doutorado; o retorno à Moçambique; conflito burocrático com um membro da Universidade Eduardo Mondlane; nova ida à África do Sul para fazer o doutorado, em 2007; a tese voltada para a sociologia da ciência e do ensino superior; a pesquisa atual na Universidade de Western Cape; o Centro de Estudos de Ensino Superior e Desenvolvimento (CESD); a deficiência de Moçambique em termos de produção científica; a criação do CESD, em Moçambique, antes do início do doutorado; a institucionalização do CESD; o vínculo do CESD com a universidade; a Associação Moçambicana de Sociologia (AMS) e a sua fundação em 2009; os propósitos da AMS; a influência intelectual de Pierre Bourdieu e Ulrich Beck em sua trajetória como sociólogo.
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados