Airton Soares

Entrevista

Airton Soares

Entrevista realizada no contexto do projeto Memórias dos fundadores do PT, através do convênio estabelecido entre o Centro Sérgio Buarque de Hollanda - Documentação e Memória Política, da Fundação Perseu Abramo, e o CPDOC, da Fundação Getulio Vargas, a partir de 01 de dezembro de 2004, com o objetivo de constituir acervo digital e de publicar um livro desses depoimentos editados.
Forma de Consulta:
Entrevista em texto disponível para download.

Tipo de entrevista: Temática
Entrevistador(es):
Marieta de Moraes Ferreira
Data: 28/8/2006
Local(ais):
São Paulo ; SP ; Brasil

Duração: 1h52min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Airton Soares
Nascimento: 1/9/1945; Pirajuí; SP; Brasil;

Formação:
Atividade: Advogado de presos políticos. Participou da fundação do Partido dos Trabalhadores (PT). Ex-deputado federal do PT.

Equipe

Levantamento de dados: Marieta de Moraes Ferreira;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Marieta de Moraes Ferreira;

Transcrição: Lia Carneiro da Cunha;

Técnico Gravação: Marco Dreer Buarque;

Sumário: Luanna Gentil ;

Temas

Departamento de Ordem Política e Social - DOPS;
Diretas já (1984);
Ditadura;
Esquerda;
Faculdade de Direito de São Paulo;
Família;
Formação escolar;
Governo Luiz Inácio Lula da Silva (2003 - 2010);
Infraero;
Juscelino Kubitschek;
Leonel Brizola;
Militância política;
Movimento Democrático Brasileiro;
Movimento estudantil;
Ordem dos Advogados do Brasil;
Partido Democrático Trabalhista - PDT;
Partido dos Trabalhadores - PT;
Questão palestina;
Repressão política;
Sindicatos de trabalhadores;
Sistema jurídico;
Social democracia;
União Nacional dos Estudantes;

Sumário

Entrevista: 28/08/2006

Origens familiares no interior de São Paulo; formação e primeiros anos de militância política no movimento estudantil; a trajetória como aluno da Faculdade de Direito do Largo de São Francisco; a militância na União Estadual dos Estudantes (UEE) e na União Nacional dos Estudantes (UNE); a atuação como advogado de presos políticos; a filiação ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB) nos anos de 1970; o MDB como um instrumento de luta e oposição ao regime militar; a candidatura e a atuação como deputado federal; o movimento pela renovação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB); o contato com a esquerda e a social democracia europeia; os primeiros contatos com as lideranças sindicais; a saída do MDB e o envolvimento com a formação do Partido dos Trabalhadores (PT); a possibilidade de uma organização de base política e social; a atuação do Departamento de Ordem Política e Social (DOPS) e do Descrição Destacamento de Operações de Informação - Centro de Operações de Defesa Interna (DOI-Codi); a atuação como advogado na prisão de Luis Inácio Lula da Silva; as batalhas jurídicas na legalização e fundação do PT; a organização da Campanha das Diretas; o rompimento com o PT e o retorno ao MDB; a aproximação com Leonel Brizola e o ingresso ao Partido Democrático Trabalhista (PDT); a indicação e ratificação como conselheiro da Infraero no governo Lula; as alianças com os partidos de direita; a manipulação da mídia diante do mensalão; o apoio à causa palestina; a participação da investigação da morte de Juscelino Kubitschek.
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados