Altino João de Barros

Entrevista

Altino João de Barros

Entrevista realizada no contexto do projeto "A propaganda brasileira: trajetórias e experiências dos publicitários e das instituições de propaganda", desenvolvido pelo CPDOC por iniciativa da ABP - Associação Brasileira de Propaganda e com apoio da Souza Cruz S.A., entre março de 2004 e fevereiro de 2005. Um dos objetivos do projeto foi dar início à constituição de um acervo de entrevistas sobre a história da propaganda brasileira, ouvindo publicitários que tiveram atuação destacada a partir da segunda metade do século XX. Notas das entrevistas elaboradas por Anna Carolina Meirelles da Costa, Ilana Strozenberg, Luciana Quillet Heymann, Luisa Lamarão, Maurício Xavier, Regina Santiago e Verena Alberti. A escolha do entrevistado se justificou por sua carreira como publicitário na agência McCann-Erickson onde atua desde 1944.
Forma de Consulta:
Entrevista em texto disponível para download.

Tipo de entrevista: Temática
Entrevistador(es):
Luciana Quillet Heymann
Ilana Strozenberg
Data: 14/7/2004
Local(ais):
Rio de Janeiro ; RJ ; Brasil

Duração: 2h10min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Altino João de Barros
Nascimento: 1/10/1926; Rio de Janeiro; RJ; Brasil;

Formação: Curso técnico em Comércio e Propaganda pela Associação Comercial do Rio de Janeiro (1944); graduação em Ciências Econômicas pela Universidade do Estado da Guanabara (1964).
Atividade: Carreira na McCAnn Erickson desde 1944, chegando à vice- presidente executivo; professor de marketing da Fundação Getúlio Vargas do Rio de Janeiro (1968-69); professor de planejamento de mídia na Escola Superior de Propaganda e Marketing de São Paulo (1973); membro do conselho da Comissão Nacional de Auto-regulamentação Publicitária (CONAR) e do conselho do Instituto de Verificação de Circulação (IVC).

Equipe

Levantamento de dados: Regina Santiago;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Regina Santiago;

Transcrição: Oswaldo Cordeiro de Farias;

Técnico Gravação: Clodomir Oliveira Gomes;

Sumário: Maurício Silva Xavier;

Temas

Associação Brasileira das Agências de Publicidade (ABAP);
Associação Brasileira de Propaganda (ABP);
Comunicação de massa;
Conselho Nacional de Auto-Regulamentação Publicitária (Conar);
Economia;
Governo federal;
Imprensa;
Internet;
Luiz Inácio Lula da Silva;
Marketing;
Propaganda;
Propaganda política;
Publicidade;
Rádio Nacional;
Radiodifusão;
Roberto Marinho;
São Paulo;
Telecomunicações;
Televisão;
Universidade do Estado da Guanabara;
Veículos de comunicação;
Violência;

Sumário

Entrevista: 14/07/2004
Fita 1-A: origens familiares; formação escolar do entrevistado; primeiras atividades profissionais na McCann-Erickson (1944); lembranças do início do relacionamento com a esposa; contatos com Armando de Moraes Sarmento; comentários sobre a imprensa no início de sua carreira; a criação do escritório da McCann-Erickson em São Paulo.

Fita 1-B: contatos do entrevistado com Roberto Marinho; a instituição dos índices de circulação da imprensa escrita no I Congresso de Propaganda em 1957; a criação do Instituto Verificador de Circulação (IVC), ligado à Associação Brasileira de Propaganda (ABP); a graduação em economia pela Universidade do Estado da Guanabara (1964); comentários sobre os trabalhos produzidos para a TV nos anos 70; reflexões sobre a importância da Rádio Nacional para a mídia brasileira.

Fita 2-A: observações sobre as primeiras emissoras da TV brasileira; a atuação da Marplan na pesquisa de mídia impressa; mudança do entrevistado para São Paulo (1974); comentários sobre os filhos do entrevistado e as carreiras que seguiram; recordações sobre a atuação do entrevistado como professor da Escola Superior de Propaganda e Marketing de São Paulo, Fundação Getulio Vargas e Escola Superior de Propaganda.

Fita 2-B: considerações sobre o deslocamento da verba de propaganda dos clientes para outros segmentos fora da mídia; avaliação sobre o papel da Internet como veículo de propaganda; a permanência do entrevistado na agência McCann-Erickson desde o início de sua carreira profissional; as atividades paralelas do entrevistado como empresário; participação do entrevistado no Conselho Nacional de Auto-regulamentação Publicitária (Conar); comentários sobre a criação da Conselho Executivo de Normas Padrão - Cenp (1998).

Fita 3-A: comentários sobre as premiações recebidas pelo entrevistado ao longo de sua carreira; considerações sobre a situação atual da propaganda no Brasil; discussão sobre a exploração da violência na TV; avaliações sobre o governo Lula.


Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados