Alzira Alves de Abreu II

Entrevista

Alzira Alves de Abreu II

Entrevista realizada no contexto do projeto "As faces do mago da economia: atuação e legado de Mario Henrique Simonsen", desenvolvido em convênio com a Cia. Bozano, Simonsen e a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), entre 2000 e 2001, com o objetivo de publicar um livro de depoimentos sobre Mario Henrique Simonsen - MÁRIO Henrique Simonsen: um homem e seu tempo, depoimentos ao CPDOC/ Organizadores Verena Alberti, Carlos Eduardo Sarmento, Dora Rocha. Rio de Janeiro: Ed. Fundação Getulio Vargas, 2002. 310p. il. Como diretora do CPDOC, a entrevistada participou, ao lado de Mario Henrique Simonsen, então diretor da EPGE e vice-presidente da Fundação Getulio Vargas, da reformulação institucional da FGV.
Forma de Consulta:
Entrevista publicada em livro.
Referência completa: MÁRIO Henrique Simonsen: um homem e seu tempo, depoimentos ao CPDOC/ Organizadores Verena Alberti, Carlos Eduardo Sarmento, Dora Rocha. Rio de Janeiro: Ed. Fundação Getulio Vargas, 2002. 310p. il.

Tipo de entrevista: Temática
Entrevistador(es):
Verena Alberti
Carlos Eduardo Barbosa Sarmento
Data: 27/12/2000
Local(ais):
Rio de Janeiro ; RJ ; Brasil

Duração: 0h45min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Alzira Alves de Abreu
Nascimento: 4/7/1936; Rio de Janeiro; RJ; Brasil;

Formação: Bacharel e Licenciada em História e Geografia pela antiga Faculdade Nacional de Filosofia da Universidade do Brasil (1958). Doutora em Sociologia pela Universidade de Paris: René Descartes, Sciences Humaines, Sorbonne, fevereiro de 1975.
Atividade: Professora do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio De Janeiro (UFRJ), a partir de 1970. Pesquisadora do CPdoc-FGV desde 1975, onde exerceu as funções de Coordenadora Geral (1985 a 1989) e Diretora (1990 a 1994).

Equipe

Levantamento de dados: Verena Alberti;Carlos Eduardo Barbosa Sarmento;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Verena Alberti;Carlos Eduardo Barbosa Sarmento;

Técnico Gravação: Clodomir Oliveira Gomes;

Sumário: Viviane de Fátima Magalhães;

Temas

Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil;
Fundação Getulio Vargas;
Mário Henrique Simonsen;

Sumário

Entrevista: 27.12.2000.
Fita 1-A: Entrada na Fundação Getulio Vargas (1975); entrada na direção do Centro de Pesquisa e Documentação em História do Brasil Contemporâneo(CPDOC-1985); dificuldades financeiras da Fundação Getulio Vargas (FGV); percepção de que a FGV deixava de ser um referencial em pesquisas e estudos econômicos; primeiros contatos com Mário Henrique Simonsen; mobilização dos diretores no sentido de propor a reestruturação da FGV: extinção e dinamização de órgãos; entrada de Celina Vargas do Amaral Peixoto no cargo de superintendente-geral (1990) da FGV; indicação de Jorge Oscar de Melo Flores para suceder Luiz Simões Lopes na presidência da Fundação, tendo Mário Henrique como vice-presidente (1992)]; visão de Mário Henrique sobre o CPDOC; integração entre órgãos da FGV; divulgação das atividades do CPDOC para os demais órgãos da Fundação; relacionamento com Mário Henrique.
Fita 1-B: Nova visão de Mário Henrique a respeito do CPDOC após conhecer o trabalho deste órgão; impacto do estado de saúde de Mário Henrique sobre a diretoria da FGV; [aversão de Mário Henrique a assuntos administrativo; relacionamento de Mário Henrique com Melo Flores, demais colegas e alunos]; [importância de Mário Henrique na reestruturação da FGV; saída de Mário Henrique (1997) e Celina Dutra (1997) acarretando dificuldades para prosseguir com a reestruturação da FGV]; perspectivas quanto ao CPDOC em meio a reestruturação da Fundação; papel da FGV hoje.
Entrevista: 27.12.2000.
Fita 1-A: Entrada na Fundação Getulio Vargas (1975); entrada na direção do Centro de Pesquisa e Documentação em História do Brasil Contemporâneo(CPDOC-1985); dificuldades financeiras da Fundação Getulio Vargas (FGV); percepção de que a FGV deixava de ser um referencial em pesquisas e estudos econômicos; primeiros contatos com Mário Henrique Simonsen; mobilização dos diretores no sentido de propor a reestruturação da FGV: extinção e dinamização de órgãos; entrada de Celina Vargas do Amaral Peixoto no cargo de superintendente-geral (1990) da FGV; indicação de Jorge Oscar de Melo Flores para suceder Luiz Simões Lopes na presidência da Fundação, tendo Mário Henrique como vice-presidente (1992); visão de Mário Henrique sobre o CPDOC; integração entre órgãos da FGV; divulgação das atividades do CPDOC para os demais órgãos da Fundação; relacionamento com Mário Henrique.
Fita 1-B: Nova visão de Mário Henrique a respeito do CPDOC após conhecer o trabalho deste órgão; impacto do estado de saúde de Mário Henrique sobre a diretoria da FGV; aversão de Mário Henrique a assuntos administrativo; relacionamento de Mário Henrique com Melo Flores, demais colegas e alunos; importância de Mário Henrique na reestruturação da FGV; saída de Mário Henrique (1997) e Celina Dutra (1997) acarretando dificuldades para prosseguir com a reestruturação da FGV; perspectivas quanto ao CPDOC em meio a reestruturação da Fundação; papel da FGV hoje.
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados