Ana Paula Santos Souza

Entrevista

Ana Paula Santos Souza

Entrevista realizada no contexto do projeto “Memória de um Office na periferia: o Escritório da Fundação Ford no Brasil”, desenvolvido em convênio com a Fundação Ford, entre janeiro de 2011 e julho de 2012, com o objetivo de constituir um acervo de depoimentos histórico-documental sobre os 50 anos da atuação da Fundação Ford no Brasil e a posterior disponibilização dos depoimentos gravados na internet.
Forma de Consulta:
Entrevista em texto disponível para download.

Tipo de entrevista: Temática
Entrevistador(es):
Lúcia Lippi Oliveira
Helena de Moura Aragão
Data: 26/1/2012
Local(ais):
Rio de Janeiro ; RJ ; Brasil

Duração: 1h50min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Ana Paula Santos Souza
Formação: Graduada em Lingua portuguesa e inglesa. Mestre em planejamento e agricultura familiar
Atividade: Coordenadora de Projetos da Fundação Viver Produzir e Preservar de Altamira.

Equipe

Levantamento de dados: Helena de Moura Aragão;Lúcia Lippi Oliveira;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Helena de Moura Aragão;Lúcia Lippi Oliveira;

Transcrição: Liris Ramos de Souza;

Conferência da transcrição: Verônica R. Bevilacqua Otero Spicer;

Técnico Gravação: Bernardo de Paola Bortolotti Faria; Marco Dreer Buarque;

Sumário: Laura Mie de Azevedo Nicida;

Temas

Agricultura;
Anos 1970;
Aurélio Viana;
Capital estrangeiro;
Cartografia;
Direitos humanos;
Ensino superior;
Estado e sociedade;
Etnias;
Fundação Ford;
Gênero;
História de empresas;
Igreja Católica;
Indios;
Instituições de proteção ambiental;
Juventude;
Língua estrangeira;
Língua portuguesa;
Meio ambiente;
Pesca;
Política científica e tecnológica;
Pós - graduação;
Produtor rural;
Propriedade rural;
Recursos florestais;
Rodovia Transamazônica;
Sistema fundiário;

Sumário

Entrevista 26 de janeiro de 2012: A formação em língua portuguesa e inglesa; o mestrado em planejamento e agricultura familiar; o trabalho como professora da Universidade Federal do Pará e no projeto Casas Familiares Rurais da Fundação Viver Produzir Preservar (FVPP); a origem e os fundadores da FVPP; a realidade na transamazônica nos anos 1970 e a presença da Igreja Católica; a diversidade de movimentos dentro da FVPP; a questão de meio ambiente dentro do movimento de agricultura familiar e a crítica ao movimento ambiental internacional; o desmatamento e as mudanças climáticas na região; o dilema entre qualidade de vida e sustentabilidade; a criação do Fundo Dema e a doação da Fundação Ford; a educação da nova geração de jovens agricultores; a criação do mosaico de Unidades de Conservação Terra do Meio e o papel atual da FVPP; a conciliação da questão do meio ambiente com a dos direitos humanos das populações indígenas e ribeirinhas; o mercado de produtos da floresta e a questão da pesca; a relação da FVPP com a Fundação Ford a partir do contato de Aurélio Vianna; a articulação entre FVPP, academia, Fundação Ford e Ministério das Cidades na criação do plano diretor; o mapeamento da região; repercussões do projeto de recuperação de nascentes apoiado pela Fundação Ford; o projeto relativo à questão fundiária; os assentamentos e o diálogo entre sociedade e estado; o projeto relativo à organização e regularização ambiental das regiões de assentamento; a desconfiança em torno do financiamento internacional em solo nacional e o impacto desse financiamento; processos de formação dentro das reservas extrativistas (Resex); outros financiamentos internacionais e a falta de ligação com a questão do índio; a preocupação da Fundação Ford com o socioambientalismo e sustentabilidade; o diferencial da atuação da Fundação Ford no FVPP; a conversa da questão de raça e gênero entre Fundação Ford e FVPP.
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados