Elizabeth Leeds II

Entrevista

Elizabeth Leeds II

Entrevista realizada no contexto do projeto “Memória de um Office na periferia: o Escritório da Fundação Ford no Brasil”, desenvolvido em convênio com a Fundação Ford, entre janeiro de 2011 e julho de 2012, com o objetivo de constituir um acervo de depoimentos histórico-documental sobre os 50 anos da atuação da Fundação Ford no Brasil e a posterior disponibilização dos depoimentos gravados na internet.
Forma de Consulta:
Entrevista em texto disponível para download.

Tipo de entrevista: Temática
Entrevistador(es):
Lúcia Lippi Oliveira
Helena de Moura Aragão
Data: 16/9/2011
Local(ais):
Rio de Janeiro ; RJ ; Brasil

Duração: 1h31min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Elizabeth Leeds
Formação: Graduação em Ciência Política; Mestrado em Ciência Política; e Doutorado em Ciência Política.
Atividade: Trabalhou na Fundação Ford como program officer; participou do Projeto saúde Pública/ Desenvolvimento da Comunidade no Morro do Tuiuti, em São Cristóvão.

Equipe

Levantamento de dados: Helena de Moura Aragão;Verônica R. Bevilacqua Otero Spicer;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Helena de Moura Aragão;

Transcrição: Roberta Mociaro Zanatta;

Conferência da transcrição: Verônica R. Bevilacqua Otero Spicer;

Técnico Gravação: Marco Dreer Buarque; Bernardo de Paola Bortolotti Faria;

Sumário: Laura Mie de Azevedo Nicida;

Temas

Abertura política;
Casamento;
Ciência política;
Ciências Sociais;
Ditadura;
Ensino superior;
Estado e sociedade;
Estados Unidos da América;
Fascismo;
Fundação Ford;
Homenagens e condecorações;
Língua estrangeira;
Polícia;
Portugal;
Pós - graduação;
Regime militar;
Segurança pública;
Sociedade civil;
Universidade Federal de Minas Gerais;

Sumário

Entrevista: 16 de setembro de 2011: O nascimento em Massachusetts; a graduação em ciências políticas; a entrada na iniciativa do governo americano “Corpo da Paz” e a vinda para o Brasil em 1965; o casamento com Anthony Leeds, a volta para os Estados Unidos e o mestrado no Texas; a ida para Boston e a entrada no Massachusetts Institute of Technology (MIT) para o doutorado sobre a política no regime Salazar em Portugal; a volta para o Brasil após o fim do regime militar e os estudos sobre a relação favela-estado após a abertura política; o processo de entrada na Fundação Ford como program officer de governança e sociedade civil; o conceito de filantropia no Brasil; o porquê do apoio à sociedade civil; instituições, programas e pessoas importantes na área de sociedade civil em 1997; particularidades do programa Innovations in American Government; a relação entre diferentes escritórios da Fundação pelo mundo; o Grupo Brasileiro de Instituições, Fundações e Empresas (Gife); o investimento na área de segurança pública; o Centro de Estudos de Criminalidade e Segurança Pública – Universidade Federal de Minas Gerais (Crisp) e outros programas na área de reforma da polícia; a relação com José Marcelo Zacchi e Ana Toni; avanços na área de governança; a questão dos programas de prêmio; o conceito de accountability e a dificuldade em alguns termos de comunicação e de língua; o programa de governança após 2003; a saída da Fundação Ford, a volta para os Estados Unidos e a relação com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública; o impacto da Fundação Ford no debate das questões de segurança pública e das ciências sociais; o coronel Nazareth Cerqueira; a questão das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs); o impacto do escritório brasileiro da Fundação Ford na sociedade; modelos brasileiros que foram exportados para outros escritórios da Fundação.
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados