Flávio Jorge Rodrigues da Silva

Entrevista

Flávio Jorge Rodrigues da Silva

Entrevista realizada no contexto do projeto "História do Movimento Negro no Brasil", desenvolvido pelo CPDOC em convênio com o South-South Exchange Programme for Research on the History of Development (Sephis), sediado na Holanda, a partir de setembro de 2003. A pesquisa tem como objetivo a constituição de um acervo de entrevistas com os principais líderes do movimento negro brasileiro. Em 2004 passou a integrar o projeto "Direitos e cidadania", apoiado pelo Programa de Apoio a Núcleos de Excelência (Pronex) do Ministério da Ciência e Tecnologia. As entrevistas subsidiaram a elaboração do livro "Histórias do movimento negro no Brasil - depoimentos ao CPDOC." Verena Alberti e Amilcar Araujo Pereira (orgs.). Rio de Janeiro: Pallas; CPDOC-FGV, 2007. A escolha do entrevistado justificou-se, entre outras coisas, por ter sido um dos fundadores da Soweto - Organização Negra e pela sua participação na comissão de organização do I Encontro Nacional de Entidades Negras (Enen).
Forma de Consulta:
Entrevista em áudio disponível na Sala de Consulta do CPDOC.
Entrevista em vídeo disponível na Sala de Consulta do CPDOC.
Entrevista publicada em livro.
Referência completa: Histórias do movimento negro no Brasil - depoimentos ao CPDOC. Verena Alberti e Amilcar Araujo Pereira (orgs.). Rio de Janeiro: Pallas; CPDOC-FGV, 2007.

Tipo de entrevista: Temática
Entrevistador(es):
Verena Alberti
Amilcar Araujo Pereira
Data: 20/7/2004
Local(ais):
São Paulo ; SP ; Brasil

Duração: 1h55min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Flávio Jorge Rodrigues da Silva
Nascimento: 1/1/0001; São Paulo; SP; Brasil;

Formação:
Atividade: Foi um dos fundadores da Soweto- Organização Negra e participou da Comissão de Organização do I encontro Nacional de Entidades Negras (ENEN). Foi leito primeiro secretário da Secretaria Nacional de Combate ao Racismo do Partido dos Trabalhadores (PT).

Equipe


Transcrição: Amilcar Araujo Pereira;

Técnico Gravação: Clodomir Oliveira Gomes; Marco Dreer Buarque;

Sumário: Maurício Silva Xavier;

Temas

Discriminação racial;
Esquerda;
Fernando Henrique Cardoso;
Imprensa alternativa;
Luiza Erundina de Sousa;
Movimento estudantil;
Movimento negro;
Movimentos políticos;
Partido dos Trabalhadores - PT;
Pontifícia Universidade Católica;
Racismo;
São Paulo;

Sumário

Fita 1-A: origens familiares; infância na cidade de Paraguaçu (SP); influência da avó na formação intelectual do entrevistado; problemas enfrentados na ida para São Paulo, capital; recordações sobre a passagem do entrevistado pela Escola Técnica de Contabilidade (SP); primeiros contatos com a política, ainda em Paraguaçu, através de um grupo de jovens do Rotary Clube ligado ao Partido Comunista Brasileiro (PCB); comentários sobre as festas juninas da região; questões raciais presentes nas festividades da cidade, devido à influência de remanescentes de um quilombo da região; comentários sobre a passagem do entrevistado pelo exército em Mato Grosso; o retorno para São Paulo após o serviço militar; motivos pelos quais o entrevistado fez a escolha de carreira profissional por ciências contábeis na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP); comentários sobre a atividade de office-boy paralela à faculdade; primeiros contatos com o movimento estudantil na PUC-SP; detalhes sobre a entrada para o núcleo estudantil do movimento Liga Operária; participação no diretório acadêmico das escolas de Economia, Administração e Ciências Contábeis da PUC-SP (1976); participação na comissão pró-DCE livre da PUC-SP (1977); contatos com o Núcleo Negro Socialista da Liga Operária; comentários sobre o jornal negro Versus; importância do Jornal clandestino Árvore das palavras do Núcleo Negro Socialista; considerações sobre a fundação do Movimento Unificado contra a Discriminação Racial, futuro Movimento Negro Unificado (MNU, 1977-78).
Fita 1-B: comentários sobre a impossibilidade de integrar o Núcleo Negro Socialista da Liga Operária; participação do entrevistado na organização de Grupo Negro da PUC; relato sobre as origens do MNU; contatos com Abdias do Nascimento na PUC-SP; atuação acadêmica de Abdias do Nascimento; balanço sobre o Terceiro Congresso de Cultura Negra das Américas, realizado na PUC-SP (1982); detalhes sobre os primeiros contatos com o Partido dos Trabalhadores (PT), na época da fundação; importância de Milton Barbosa para o movimento negro; contatos com o sociólogo Florestan Fernandes; participação do entrevistado na Comissão do Centenário da Abolição do PT; relevância da criação da Fundação Palmares (1988); comentários sobre as divergências entre o MNU e o Grupo Negro da PUC; contatos com Amauri Pereira e Yedo Ferreira; considerações sobre o jornal Sinba; entrada do entrevistado na organização negra Soweto (1991).
Fita 2-A: participação do entrevistado na organização do Primeiro Encontro Nacional de Entidades Negras (1991); atuação do entrevistado no governo de Luisa Erundina, na prefeitura de São Paulo; avaliação dos atos de comemoração do tricentenário da morte de Zumbi dos Palmares; comentários sobre a criação do grupo de trabalho interministerial, no governo Fernando Henrique, dirigido pelo Hélio Santos, para formular uma discussão de políticas públicas sobre a questão racial (1995); importância da criação da Secretaria Nacional de Combate ao Racismo do PT (1995); eleição do entrevistado para primeiro secretário nacional de combate ao racismo do PT (1995); participação da organização Soweto na área de educação e no meio acadêmico; papel das mulheres na organização Soweto; balanço da Conferência Mundial contra o Racismo em Durban (2001); discussão sobre a luta contra o racismo para além da discriminação dos negros; debate sobre as ações afirmativas governamentais para negros; considerações sobre as cotas para negros nas universidades.
Fita 2-B: opinião sobre a relação entre as novas gerações e o movimento negro; balanço da vida profissional do entrevistado; comentários sobre a Fundação Perseu Abramo; discussão sobre a questão urbana em São Paulo; balanço geral da trajetória do movimento negro; considerações sobre os protestos na comemoração dos 500 anos do descobrimento do Brasil (2000); contatos com lideranças indígenas durante os protestos; o sectarismo racial no bairro Ipiranga (São Paulo); perspectivas sobre o futuro da questão racial no Brasil; comentários sobre as memórias da avó sobre o bisavô Jorge.



Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados