Ilmar Nascimento Galvão

Entrevista

Ilmar Nascimento Galvão

Entrevista realizada no contexto do projeto “O Supremo por seus ministros: a história oral do STF nos 25 anos da Constituição (1988-2013)”, desenvolvido a partir de uma parceria entre a Escola Direito Rio e o CPDOC/FGV, com financiamento da Fundação Getulio Vargas, entre abril de 2012 e março de 2014. O projeto tem como objetivos a constituição de um banco de depoimentos (registrados em áudio e vídeo), que deverá ser disponibilizado na internet e servirá como fonte para a publicação de um livro.
Forma de Consulta:
Entrevista em texto disponível para download.
Entrevista em vídeo disponível na Sala de Consulta do CPDOC e trechos no portal.

Tipo de entrevista: Temática
Entrevistador(es):
Fernando de Castro Fontainha
Nelson Azevedo Jobim
Fábio Ferraz de Almeida
Data: 25/9/2012
Local(ais):
Brasília ; DF ; Brasil

Duração: 3h0min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Ilmar Nascimento Galvão
Nascimento: 2/5/1933; Jaguaquara; BA; Brasil;

Formação: Cursou o ensino fundamental no Ginásio Taylor-Egídio (1940-1947) em Jaguaquara - BA e o ensino médio na Escola Técnica de Comércio de Jequié (1954-1956), em Jequié-BA. É Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade Nacional de Direito da Universidade do Brasil(1959-1963). Possui cursos de extensão e especialização sobre Direito Penal (1973), Organização do Trabalho Intelectual (1973), Novo Código de Processo Civil (1974) e Direito Agrário (1976).
Atividade: Tomou posse como Ministro do Supremo Tribunal Federal em 26/06/1991. Foi Juiz Substituto (09/06/1992 a 28/11/1994) e Juiz Efetivo (29/11/1994 a 19/05/1996) do Tribunal Superior Eleitoral, onde também foi vice-presidente (13/06/1996 a 28/05/1997) e presidente (19/06/1997 a 02/02/1999). Foi vice-presidente do STF (18/04/2001 a 31/05/2011). Aposentou-se em 3 de maio de 2003, após atingir a idade limite para permanência em atividade.

Equipe

Levantamento de dados: Fábio Ferraz de Almeida;Thiago Filippo;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Fábio Ferraz de Almeida;

Transcrição: Maria Izabel Cruz Bitar;

Conferência da transcrição: Carlos Victor Nascimento dos Santos;

Técnico Gravação: Ignorado;

Temas

Acre;
Anos 1960;
Atividade profissional;
Banco do Brasil;
Brasília;
Carreira jurídica;
Constituição federal (1988);
Direito;
Ensino superior;
Esquerda;
Faculdade Nacional de Direito;
Falecimento;
Família;
Fernando Collor de Mello;
Formação escolar;
Formação profissional;
Funcionalismo público;
Golpe de 1964;
Greves;
Impeachment de Collor;
Imprensa;
Justiça eleitoral;
Legislação trabalhista;
Mídia;
Pedidos e solicitações;
Pobreza;
Poder judiciário;
Regime militar;
Reis Veloso;
Rio de Janeiro (estado);
São Paulo;
Supremo Tribunal Federal;
Transportes;
Tribunal Federal de Recursos;
Tribunal Superior Eleitoral;

Sumário

Entrevista: 05/09/12
Cabeçalho; apresentação e origens familiares; morte do pai; início da vida de trabalhador; estudos ginasiais; concurso no Banco do Brasil; mudança para São Paulo; mudança para o Rio de Janeiro; o trabalho no banco; amizade com Reis Veloso; a escolha pelo Direito e o início de faculdade na FND (Faculdade Nacional de Direito); os passeios de bonde; a ideia de sair do Rio de Janeiro; a ida para Rio Branco/AC em 1964; o perfil esquerdista na época de estudante; participação em piquetes de greves, inclusive do Banco do Brasil; amigos da faculdade e professores; o caso da greve dos professores - enquanto ministro do STF (Supremo Tribunal Federal); a ida para o Acre no contexto da Revolução de 1964; o encontro com a futura esposa; a decisão de permanecer no Acre; a indicação para a Justiça Federal; o processo de construção da faculdade de Direito do Acre; a criação da Universidade Estadual do Acre; a indicação para juiz federal no DF (Distrito Federal) e a mudança para Brasília; o início dos trabalhos na Justiça Federal no DF; a lista de indicações para o Tribunal Federal de Recursos; a indicação para o Supremo Tribunal Federal; o primeiro dia no STF; o caso Collor; a pressão da imprensa no caso Collor; casos de direito tributário; visita recente ao STF; volume de processos nos tribunais; organização do gabinete no STF e o trabalho cotidiano; a nomeação dos assessores; diálogo com interessados políticos em processos; morosidade do judiciário; experiência com a justiça eleitoral no TSE (Tribunal Superior Eleitoral); debate para decidir casos; TV Justiça e publicidade dos julgamentos de Supremas Cortes; retomada do Caso Collor; casos dos expurgos inflacionários do FGTS; sistema de julgamento por despacho; relembrando palestra recente sobre controle de constitucionalidade; último ano no STF; eleição para presidência do STF e saída do tribunal; exercício interino da presidência; a vida após o STF; os motivos para não sentir saudade do Supremo e os aspectos saudosos; o processo de seleção da urna eletrônica a ser usada no Brasil, a partir do estudo de urnas internacionais e a implantação da nova urna; o último dia no Supremo; o agradecimento à mãe na data; a pobreza na infância; perspectiva adquirida na volta à cidade natal; considerações finais sobre a vida atual em relação às lembranças da pobreza.
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados