Luiz Moraes (Cabeção)

Entrevista

Luiz Moraes (Cabeção)

Entrevista realizada no contexto do projeto “Futebol, Memória e Patrimônio: projeto de constituição de um acervo de entrevistas em História Oral”, desenvolvido entre dezembro de 2010 e dezembro de 2012, em convênio com o Museu do Futebol e com financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). O projeto tem como objetivos a constituição de um banco de depoimentos (registrados em áudio e vídeo), além da produção de um DVD a partir do material gravado com jogadores de futebol que participaram da seleção brasileira entre 1954 e 2010. Para ter acesso à transcrição e ao vídeo da entrevista clique aqui.
Forma de Consulta:
Entrevista em texto disponível para download.
Entrevista em vídeo disponível na Sala de Consulta do CPDOC e trechos no portal.

Tipo de entrevista: Temática
Entrevistador(es):
Bernardo Buarque de Hollanda
Daniela Alfonsi
Fernando Henrique Neves Herculiani
Data: 20/5/2011
Local(ais):
São Paulo ; SP ; Brasil

Duração: 2h18min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Luiz Moraes
Nascimento: 23/8/1930; São Paulo; SP; Brasil;

Formação:
Atividade: Ex-jogador de futebol. Jogou pelo Corinthians como goleiro desde 1942 e na Portuguesa(1955-1957); Atuou na seleção brasileira na copa de 1954.

Equipe

Levantamento de dados: Fernando Henrique Neves Herculiani;Ludmila Mendonça Lopes Ribeiro;Bernardo Borges Buarque de Hollanda;Theo Di Pierro Ortega;Daniela Alfonsi;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Fernando Henrique Neves Herculiani;Ludmila Mendonça Lopes Ribeiro;Bernardo Borges Buarque de Hollanda;Theo Di Pierro Ortega;Daniela Alfonsi;

Transcrição: Elisa de Magalhães e Guimarães;

Conferência da transcrição: Fernando Henrique Neves Herculiani;

Técnico Gravação: Bernardo de Paola Bortolotti Faria;

Sumário: Sérgio Pereira de Faria Junior;

Temas

Copa do Mundo;
Família;
Formação escolar;
Formação profissional;
Jogos Pan-Americanos;
São Paulo;

Sumário

Entrevista: 20 de maio 2011

O nascimento, em 1930, no Parque São Jorge em São Paulo; a proximidade ao Esporte Clube Corinthians Paulista na infância; origens familiares; a proximidade ao Corinthians e aos jogadores do time; formação escolar; o início da carreira como jogador de futebol; os incentivos familiares ao futebol; a identificação com a posição de goleiro; o time de futebol de várzea intitulado River Plate; os jogos no futebol juvenil; os campeonatos disputados pela seleção juvenil; memórias do Mundial de 1950 realizado no Brasil; a compra do primeiro rádio da família; a entrada como titular do Corinthians; o revezamento com Gylmar dos Santos Neves na posição de goleiro; treinadores importantes durante a carreira; o regime de treinamento no clube do Corinthians; a participação nos jogos Pan-Americanos de 1952, realizado no Chile, pela seleção brasileira; o campeonato da seleção brasileira no Chile e a volta para o Brasil; as táticas de jogabilidade definidas pelo treinador Alfredo Moreira Júnior, o Zezé; os motivos para a saída do Corinthians em 1954; a ida para o Bangu Atlético Clube; a passagem pela Associação Portuguesa de Desportos e o título em 1955;a convocação para a Copa do Mundo de 1954; as eliminatórias da Copa de 1954; o comportamento dos jogadores na concentração para os jogos da Copa;o treinamento para a Copa de 1954; a expectativa dos torcedores sobre a Copa de 1954; a preparação dos jogadores para a Copa; o jogo Brasil x Hungria em 1954; a briga no final do jogo Brasil x Hungria; a presença de “cartolas” na seleção brasileira; o favoritismo do time Húngaro na Copa de 1954; a participação dos jogadores da reserva na seleção de 1954; a reação das torcidas no Mundial da Suíça; o esquema tático da seleção de 1954; o estilo de jogo ofensivo da seleção brasileira; os estilos dos goleiros da seleção brasileira de 1954; a volta da seleção para o Brasil após a derrota em 1954; a experiência como goleiro da Portuguesa; a volta para o Corinthians; a saída do Corinthians e o passe livre em 1967; a passagem pelo Clube Atlético Juventus, pelo Clube Atlético Bragantino e pela Associação Atlética Portuguesa Santista; a proposta do Futebol Clube do Porto; a torcida do Corinthians nos anos de 1960; Elisa, a torcedora símbolo do Corinthians; a passagem pelo Comercial Futebol Clube; o convite para o Bragantino; o final da carreira na Portuguesa Santista;o desenvolvimento da seleção brasileira após a Copa de 1958; a carreira como treinador das categorias de base do Corinthians após a aposentadoria, a partir de 1970; as mágoas com o Corinthians e o fim da carreira no futebol;as vantagens de ser goleiro para uma carreira de treinador; os erros que um goleiro pode cometer; a inovação com o uso da luva de goleiro para os jogos;a relação com o futebol atual;as expectativas sobre a Copa do Mundo no Brasil, em 2014; expectativas de jogadores que possam fazer parte da seleção brasileira de 2014.

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados